URGENTE: “PRÉ-SAL BRASILEIRO JÁ ERA!”

ALIANÇA GARANTE APROVAÇÃO DA ENTREGA DO PRÉ-SAL NO SENADO!

URGENTE! – Siqueira comenta os prejuízos da entrega do pré-sal… Ficou na história nos livros para recordação e historificação… Brasil, perdeu de ser o país do futuro…

a-camada-pre-saljpg

Após seis horas de discussão, o Senado aprovou na noite desta quarta-feira (24) – com 44 votos sim e 24 votos não – o PL de autoria do senador José Serra (PSDB) que permite às petrolíferas estrangeiras explorar o pré-sal sem fazer parceria com a Petrobras.

Para aprovar o projeto, – infelizmente – com a aliança do governo Dilma. Isso foi possível através da aprovação do substitutivo do senador Romero Jucá, ao PLS 131/2015 de Serra. “Fomos derrotados por uma aliança do governo, (…) Nos sentimos abandonados”, afirmou o senador…

O projeto, que agora segue para a Câmara dos Deputados, aprofunda a entrega do petróleo brasileiro às multinacionais. Em tom provocativo, senadores de partidos da direita tradicional, chegaram a afirmar que seguiam a orientação do governo federal ao votar a favor do projeto. A presidente Dilma, que chegou a afirmar que lutaria com todas as suas forças em defesa do pré-sal, deve uma explicação aos movimentos sociais, aos petroleiros e a todos os brasileiros.

Esta medida aprofunda ainda mais a privatização da Petrobrás e do pré-sal, que caminha a passos largos com o desinvestimento aplicado pelo governo através da venda de ativos. Os ataques partem de todos os lados! Fernando Siqueira, que esteve agora pouco na sede do Sindipetro-LP, explica neste vídeo por que esse projeto representa um grande retrocesso para o projeto de um país soberano e de uma Petrobrás a serviço do povo brasileiro.

 

URGENTE! – ALIANÇA PSDB-DILMA (PT) GARANTE APROVAÇÃO DA ENTREGA DO PRÉ-SAL NO SENADO!

Após seis horas de discussão, o Senado aprovou na noite desta quarta-feira (24) – com 44 votos sim e 24 votos não – o PL de autoria do senador José Serra (PSDB) que permite às petrolíferas estrangeiras explorar o pré-sal sem fazer parceria com a Petrobrás.

Para aprovar o projeto, o PSDB contou – infelizmente – com a aliança do governo Dilma (PT). Isso foi possível através da aprovação do substitutivo do senador Romero Jucá (PMDB-RR) ao PLS 131/2015 de Serra. “Fomos derrotados por uma aliança do governo com o PSDB (…) Nos sentimos abandonados”, afirmou o senador petista Lindbergh Farias.

O projeto, que agora segue para a Câmara dos Deputados, aprofunda a entrega do petróleo brasileiro às multinacionais. Em tom provocativo, senadores de partidos da direita tradicional como PSDB e PMB chegaram a afirmar que seguiam a orientação do governo federal ao votar a favor do projeto.

A presidente Dilma, que chegou a afirmar que lutaria com todas as suas forças em defesa do pré-sal, deve uma explicação aos movimentos sociais, aos petroleiros e a todos os brasileiros. Esta medida aprofunda ainda mais a privatização da Petrobrás e do pré-sal, que caminha a passos largos com o desinvestimento aplicado pelo governo através da venda de ativos. Os ataques partem de todos os lados!

Fernando Siqueira, que esteve agora pouco na sede do Sindipetro-LP, explica neste vídeo por que esse projeto representa um grande retrocesso para o projeto de um país soberano e de uma Petrobrás a serviço do povo brasileiro.

Deixe seu comentário!
Mais em Brasil
Pastor evangélico é preso por estuprar filha durante seis anos, diz polícia

26/02/2016 - Segundo as investigações, suspeito obrigava menina a dormir com casal. Dirigente de igreja foi preso preventivamente em Campo...

Fechar