O guerreiro filho do deserto: Dossiê Muammar al-Gaddafi

Do que um país precisa no século 21 para ser atacado por uma superpotência global ou uma coalizão?

iwo-jima-flag-e1445084870893dfg

“A ditadura perfeita terá as aparências da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão” – Aldous Huxley (1894-1963)”

Comentário: Tudo que os EUA querem é o recurso natural dos países. Não caiam nesse de que fundações vindas de fora estão preocupadas com nossas florestas, índios etc… etc… Os EUA e seus sócios só querem se apossar dos recursos naturais, eles não têm auto-suficiência, precisam roubar e destruir nações para alimentar suas economias… Os EUA têm aproximadamente 7% da população mundial, mais ou menos, mas consomem 45 vezes mais zinco, 52 vezes mais Alumínio, 64 vezes mais Ferro, 102 vezes mais Cobre, 176 vezes mais chumbo que o resto do mundo… isso sem contar o nosso nióbio (o Brasil é detentor de 98% das reservas de nióbio do mundo, indispensável para indústria militar e aeronáutica).

As razões preliminares para a invasão de qualquer país no século 21, cujo governo e população apresentem pelo menos 3 das características a seguir:

  • Ter banco central controlado pelo Estado e grande reserva de ouro estocado.
  • Ter economia doméstica próspera com população complacente devido a elevado PIB per capita que se mantêm com custo de vida acessível independentemente das agências de análise/classificação de risco, com mínima interferência do mercado financeiro global.
  • Não ter divida com o FMI e não precisar de empréstimos por muitos anos no futuro.
  • Não permitir em seu território que a exploração agropecuária, madeireira e mineiradora sejam realizadas por corporações multinacionais e combater com sucesso a caça e a pesca predatória, o tráfico de armas, drogas, animais, pessoas e biodiversidade.
  • Ter abundantes reservas de petróleo e gás natural, reservas não-exploradas de ouro e/ou minerais raros, água potável e terras férteis.
  • Banir o cultivo de sementes geneticamente modificadas enquanto promove o cultivo de orgânicos, a pesca para subsistência e a criação de animais de granja para consumo alimentar familiar.
  • Ter uma população bem informada sobre os planos da globalização e um governo favorável ao seu povo.
  • Compreender ‘diversidade’ e ‘sustentabilidade’ no contexto da sociedade humana como metas de enfraquecimento cultural de nações e povos.
  • Manter e proteger sua identidade política nacional e cultural.
  • Ter baixos índices de violência devido ao papel eficiente do judiciário e da polícia como garantidores da ordem e da segurança, tornando desnecessária a invasão das cameras de segurança e o oportunismo das seguradoras.
  • Desenvolver programas de bem-estar social segundo os critérios da nação e não segundo determinações do Banco Mundial e da Agenda 21.
  • Desenvolver tecnologias com inovação própria independente das multinacionais estrangeiras.
  • Divulgar e oferecer a cura já disponível para o câncer e outros males conhecidos.
  • Ter a medicina natural muito desenvolvida e tornar as pessoas menos dependentes da indústria dos farmacêuticos e do custoso mercado de convênios e assistências médicas.
  • Usar o retorno da arrecadação de impostos e tributos na forma de serviços públicos de qualidade à população, e gratuitamente oferecer água potável, energia elétrica, transporte, educação e saúde.
  • Fabricar meio de transporte movido a água e desenvolver fontes limpas de energia.
  • Ter uma rede de notícias local muito influente e de opinião não alinhada com os planos de dominação colonial do imperialismo.
  • Ser exemplo de paz e prosperidade alternativa, capaz de motivar outros países seguidores.
  • Ser acusado, mediante alegação, mesmo que inconcebível, de representar uma ameaça para a Segurança Nacional e/ou aos interesses de uma superpotência imperialista e não ter relevante capacidade destrutiva de retaliação militar imediata com consequências de desencorajar um primeiro ataque do invasor.
  1. Estar fora da grande rede global de computadores ou ter sido descoberta sua rede e suas telecomunicações próprias não-compartilhadas e outrora invulneráveis a ataques de potências estrangeiras. Publicado em Dinâmica Global.

Comentário: Muammar al-Gaddafi, organizava e centralizava a África, agora a Europa paga o preço com milhões de refugiados… a queda de Gadafi e outros “ditadores” foi muito mais perniciosa que a “democracia americana” que transformou esses países em verdadeiros campos de guerra incessante… a conta chega e lhes falo, os EUA são os maiores semeadores de guerra da História da Humanidade, então é muito fácil deduzir qual será a colheita deles… e parece-me que já passou da hora de vir… A II Guerra Civil Americana é o destino da mais ditatorial de todas as nações, ninguém atacará os EUA ele implodirá por dentro, pois a única coisa que cresce nos EUA é a miséria e a injustiça social… -(…A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais ainda será requerido -Lucas 12:48).

E acima de tudo, está muito perto o juízo do Deus Todo Poderoso sobre todas as nações… O Eterno trará fogo à Terra!
~~~~~~~~

Por que destruíram a Líbia e mataram Muammar al-Gaddafi?

gaddafierth

Ex-Presidente e Estadista da Líbia Muammar al-Gaddafi.

A matéria a seguir foi originalmente publicada na revista SCHWEIZ MAGAZIN e a Tradução publicada pelo  Nilson Lage no seu perfil no facebook. Ela é de 2011, época do início das tais “revoluções coloridas” patrocinadas por organizações internacionais e que destruíram países árabes inteiros e até agora destroem a Síria. Mas as revoluções coloridas continuam e agora tentam ceifar democracias e avanços sociais na América Latina, incluindo o Brasil, onde patrocinam o Golpe em andamento. Leia o artigo. Há alguma similaridade com o Brasil. Leia, pense e ajude a desconstituir o golpe em marcha e retomar a construção do Brasil com Inclusão Social, que está agora suspenso pelo Golpe. 

 Agora se sabe , item por item, tudo que o tirano Gaddafi fez com seu povo. Eis uma lista de atrocidades a que os líbios foram submetidos por quatro décadas:

1. Não havia conta de luz na Líbia. A eletricidade era grátis para todos os cidadãos.

2. Não havia juros sobre empréstimos. Os bancos oficiais ofereciam subsídios iguais para todos. Era lei.

3. Ter uma casa era considerado direito humano.

4. Todos os recém-casados na Líbia recebiam US$ 50 mil, o bastante para a compra do primeiro apartamento. Era o presente do governo às novas famílias.

5. Educação e tratamentos médicos eram grátis na Líbia. Antes de Gaddafi chegar ao poder 25 por cento dos líbios eram alfabetizados. hoje o número é de 83 por cento.

6. Terras aráveis, uma casa rural, ferramentas, sementes e gado livre eram oferecidos a quem quisesse ser agricultor.

7. Se um líbio não encontrasse escolas ou instalações médicas de que necessitasse poderia buscá-las no estrangeiro com a ajuda de fundos do Estado, que oferecia, para isso US $ 2.300 por mês destinados a alojamento e transporte.

8. Se um líbio comprasse um carro, o governo subsidiava metade do valor.

9. A gasolina custava 12 centavos de dólar (cerca de R$0,40) o litro.

10. Se um líbio terminasse a graduação universitária e não achasse colocação, o estado pagava o salário médio de sua profissão em que ele encontrasse emprego tecnicamente adequado.

11. A Líbia não tinha dívida externa e as reservas, que totalizavam |US$ 150 bi, foram dividas pelas potências de ocupação entre si.

12. Uma parcela da venda de petróleo da Líbia era creditada diretamente nas contas de todos os cidadãos da Líbia.

13 Mães que davam à luz uma criança ganhavam US $ 5.000.

14. Um quarto dos líbios têm um diploma universitário.

15. O Grande Rio Artificial para abastecimento das lavouras e cidades líbias é o maior projeto de encanamento da água potável do mundo.

Graças ao Deus Otan e  rebeldes, devolveram a liberdade ao povo líbio.”

(fonte: Schweiz Magazin, Suíça)

Nota do Editor: Hoje a Líbia está um caos. O Estado Islâmico se fez presente, ocupa cidades entre outros males. O país se encontra dividido em facções extremistas com o povo oprimido e empobrecido, todavia o petróleo flui, barato, em favor das grandes petrolíferas ocidentais. Elucidativo. [ Via: DG Diálogo Geopolítico]

Dossiê Muammar al-Gaddafi: O Filho do Deserto. Quem foi Kadafi? Descubra!

por Cibele Laura

Jornalista Cibele Laura

Jornalista Cibele Laura

Quem foi o homem que usou o maior recurso natural de seu pais e reverteu em benefícios ao povo, tirou a Líbia da miséria, trouxe água à superfície do deserto e combateu os interesses dos estrangeiros em se apossarem do petróleo líbio?

As mentiras midiáticas…. Os fatos históricos manipulados que envolveram Kadafi… Por fim, a sangrenta primavera árabe que culminou com seu assassinato, é o que trago nesse vídeo: DOSSIÊ KADAFI – O FILHO DO DESERTO.

Por que Kadafi tinha que morrer no grande tabuleiro de xadrez geopolítico para que os Estados Unidos e seus sócios continuassem os planos imperialistas?

Assista e descubra.

Quando te perguntarem qual socialismo que deu certo, responda o socialismo beduíno do filho do deserto.

Muammar al-Gaddafi foi assassinado pelos EUA e a Líbia também foi invadida para evitar uma Moeda Pan-Africana.

14329906_1139579106108208_6306496176206973325_ndfghjk

Muammar al-Gaddafi assassinado pelos EUA.

ATENÇÃO!

Vídeo contendo cenas fortes da execução/assassinato do ex-Presidente e Estadista da Líbia Muammar al-Gaddafi. Os EUA humilharam o chefe de Estado e o assassinou como galinha!

 

Comentário: Essa é a Líbia nas mãos do Estado Islâmico, após os EUA/OTAN levarem a democracia ao país, quando inventaram revoltas e armaram rebeldes para assassinar o líder Kadafi. Nas mãos de Kadafi, a Líbia era um país estável, seguro e o povo tinha o suficiente para viver bem. Kadafi fez jorrar água do deserto do Saara, através de uma tecnologia caríssima e ousada, usando o dinheiro do petróleo líbio, o projeto de água fóssil estimulou a agricultura no deserto e matou a sede e a fome dos líbios, já que o país tem grandes áreas desérticas. Facções criminosas passavam longe das fronteiras líbias, de modo que Kadafi não só protegia seu país, mas os contíguos também. Após a morte do líder da Líbia, houve e há um êxodo de refugiados da região à Europa, causando a atual crise de imigração. Kadafi alertou em vida tal acontecimento. Hoje, as petrolíferas ocidentais estão novamente no controle do petróleo líbio, dividindo o país com o Estado Islâmico. Não há mais segurança, não há mais paz, o país é um caos, pessoas morrem diariamente ou fogem do horror descontrolado do país que foi o mais próspero da África, enquanto Kadafi, após a revolução, esteve no poder.

Invadir um país que não tem arsenal bélico páreo, foi fácil. Angariar mentiras sobre Kadafi, foi simples, através da mídia corrompida pelo poder Ocidental, mas manter a ordem, dar assistência e segurança ao povo, isso os paladinos da democracia, Império democrático, humanitário, do bem… Não o fez. Largou o país nas mãos do terrorismo.

*Ative a legenda do vídeo par o português.

308194_511298648897908_1441917171_n

Líbia: Antes e depois do seu líder, o Estadista Muammar al-Gaddafi.

É isso, meu povo, os EUA e o consórcio Ocidental só querem os recursos do país. Vida, para eles, não importa nada.

gaddafi-dinar-jet-ppdftgy

Um e-mail do Departamento de Estado revela que Gaddafi tinha US$ 7 bilhões em ouro e prata para todo efeito.

Kurt Nimmo
PrisonPlanet.com

Um declassificado email enviado em 2 de Abril de 2011 a então secretária de Estado Hillary Clinton revela que a invasão da Líbia foi lançada para impedir Muammar Gaddafi de estabelecer uma moeda Pan-Africana baseado emouro do Dinar líbio.De acordo com o documento publicado de assessores site do Departamento de Estado dos EUA para Saif al-Islam Gaddafi, o segundo filho de Muammar Gaddafi, disse a fonte do governo da Líbia considerou 143 toneladas de ouro e uma quantidade similar em prata no valor de mais de US $ 7 bilhões. O ouro e a prata eram para ser usados para estabelecer uma moeda alternativa ao franco francês para países francófonos Africanos.Um grande número de nações da África Ocidental são ex-colônias francesas e muitos continuam a usar  o francês como língua oficial. Madagascar, na África Oriental, também é um país francófono.“Oficiais de inteligência franceses descobriram este plano logo após a rebelião atual começou”, afirma o e-mail, “e este foi um dos fatores que influenciaram a decisão do presidente Nicolas Sarkozy para levar a França para o ataque contra a Líbia.”Além de evitar a Líbia a partir de romper com a dominação monetária francês, Sarkozy queria “ganhar uma maior parcela da produção de petróleo da Líbia,” aumentar a influência francesa na África do Norte e traçar “planos de longo prazo de Gaddafi para suplantar a França como a potência dominante na África Francófona . “Durante a invasão da Líbia analistas argumentaram que  Gaddafi planejava parar de vender petróleo em dólares norte-americanos e exigiria em vez disso, ser negociados em dinares de ouro. Antes da invasão Gaddafi exortou outros países africanos e do Oriente Médio a seguir seu exemplo.“Qualquer movimento como a que certamente não seria bem acolhida pela elite do poder global, hoje, que são responsáveis por controlar os bancos centrais do mundo,” analista financeiro Anthony Wile disse RT.“Então, sim, que certamente seria algo que poderia causar sua demissão imediata e a necessidade de outras razões, a ser apresentadas [para] removendo-lo do poder.”“O esquema de Ponzi de banco central exige uma base crescente de demanda e do silenciamento imediato daqueles que ameaçam a sua existência. Talvez seja isso que a pressa foi na remoção de Gaddafi em particular, e aqueles que poderiam ter sido solidário com sua idéia monetária “, escreveu Wile em maio de 2011.Saddam Hussein no Iraque sofreu um destino semelhante depois que ele anunciou que o petróleo de seu país seria vendido em euros, não em dólares. “As sanções e, em seguida, uma invasão norte-americana seguiu. Coincidência? A ideia de S.Hussein teria reforçado o euro, mas a ideia de Gaddafi teria reforçado toda a África, na opinião de uma moeda forte dizem economistas. O ouro é o dinheiro honesto final e o  lastro contra a qual todas as outras moedas fiat são finalmente desvalorizadas “, Wile observa.

Assista:

*Ative a legenda dos vídeos para o português.

[Via: APCNEWS]

Assassinado pelos EUA, Muammar al-Gaddafi advertiu Tony Blair de ataques islâmicos na Europa, conversas telefônicas revelam.

O ex-Coronel/Presidente da Líbia Muammar al-Gaddafi morto pelo Governo dos EUA, advertiu ao ex-Primeiro Ministro do Reino Unido Tony Blair de ataques islâmicos na Europa.

Transcrições de duas conversas telefônicas entre os dois líderes, que teve lugar em 25 de Fevereiro de 2011, são tornadas públicas.

Tony Blair with Colonel Muammar Gaddafi.

Tony Blair com o então Presidente líbio Muammar al-Gaddafi em 2007.

O Presidente Muammar Gaddafi emitiu um aviso ‘profético’ a Tony Blair que os jihadistas iria atacar a Europa se seu regime fosse autorizado a entrar em colapso, conversas telefônicas revelam.

Prognóstico sombrio de Gaddafi foi feito em dois telefonemas desesperados com o Sr. Blair em 25 de fevereiro de 2011 – como a guerra civil (promovida pelos EUA e aliados) estava engolindo a Líbia.

Na primeira chamada às 11:15, Gaddafi disse: “Eles [os jihadistas] quer controlar o Mediterrâneo e, em seguida, eles vão atacar a Europa.”

Trecho de 2011 conversas telefônicas de Col Gaddafi com Tony Blair Trecho de 2011 conversas telefônicas de Cel Gaddafi com Tony Blair.

Na chamada, com duração de meia hora, Gaddafi insistiu que ele estava tentando defender a Líbia a partir de combatentes da Al-Qaeda. A presença da Al-Qaeda do que mais tarde seria substituída pela ascensão do chamado Estado Islâmico.

“Nós não estamos lutando contra eles, eles estão nos atacando”, disse ele, “eu quero dizer-lhe a verdade. Não é uma situação difícil em tudo. A história é simplesmente esta:.. Uma organização estabeleceu células dormindo no Norte de África . Chamado à Organização Al-Qaeda no norte da África … As células dormirem na Líbia são semelhantes às células adormecidas na América antes do 9/11.

25 March 2004: Then British Prime Minister Tony Blair, left, with Gaddafi at the start of their meeting outisde Tripoli

Março 2004: Então primeiro-ministro britânico Tony Blair, à esquerda, com Gaddafi no início da reunião. 

Eles conseguiram obter armas e aterrorizar as pessoas. As pessoas não podem sair de suas casas … É uma situação jihad. Eles têm armas e estão aterrorizando as pessoas na rua.”

Em uma segunda chamada feita um pouco mais de quatro horas depois, Gaddafi disse a Blair: Vou ter que armar o povo e se preparar para uma luta onde povo líbio vai morrer, o dano será na Europa Meridional e no mundo inteiro. Estes grupos armados estão usando a situação [na Líbia] como justificativa – e vamos combatê-los.
Col Gaddafi warns of attacks on Europe in phone conversations with Tony Blair

Gaddafi advertia ataques a Europa Unida em conversações telefônicas com oTony Blair.

Blair tinha feito duas chamadas para Gaddafi para tentar negociar a saída do ditador de Trípoli como a guerra civil tomou conta da nação. Três semanas depois, uma coalizão liderada pela OTAN, que incluiu a Grã-Bretanha, começaram os bombardeamentos que levaram à derrubada de Gaddafi. O ditador foi finalmente deposto em agosto e assassinado por uma multidão em outubro.
 

Blair tinha  desenvolvido uma amizade com Gaddafi e tinha visitado o líder líbio, pelo menos, seis vezes após deixar Downing Street em 2007.

 
• ‘Querido Muammar’: a carta de Blair para Gaddafi revela conluio entre Reino Unido e a Líbia
• Blair para enfrentar parlamentares por acordo com Gaddafi  que desprezou vítimas do terrorismo do Reino Unido
 
Ele limpou os telefonemas com tanto David Cameron e Hillary Clinton, a secretária de Estado dos EUA, em seguida, em uma tentativa de convencer Gaddafi a deixar a Líbia com a passagem segura e evitar novos conflitos.
 
A existência das chamadas telefônicas surgiu no ano passado e Blair passou as transcrições ao Comitê de Relações Exteriores, que está a investigar o colapso da Líbia. A comissão de deputados publicou as transcrições na quinta-feira. 
 
Nas chamadas Blair disse a Gaddafi: “Se você tem um lugar seguro para ir, você deve ir lá, porque isso não vai acabar de forma pacífica e tem que haver um processo de mudança, esse processo de mudança pode ser gerido e nós temos que encontrar uma forma de gestão.
 
“Os EUA e a UE estão em uma posição difícil agora e eu preciso pegar algo de volta para eles o que garante que isso termina pacificamente.”
 
Blair terminou a chamada dizendo: “eu gostaria de oferecer uma saída que é pacífico … manter as linhas abertas.” 
 
Avisos de Gaddafi parecem ter sido uma premonição. Líbia entrou em colapso depois de sua derrubada. O país permanece nas garras da guerra civil e muito do que está no controle de extremistas islâmicos ligados ao Estado Islâmico no Iraque-Síria e do Levante (ISIL).
 
Terroristas enviados por Isil para à França foram responsáveis pelos ataques em Paris em novembro em meio a crescente preocupação jihadistas estão cruzando para a Europa da África do Norte e Oriente Médio.
 
Crispin Blunt MP, Presidente da Comissão, afirmou: “As transcrições fornecidos pelo Sr. Blair proporcionam uma nova visão sobre os pontos de vista privado do coronel Gaddafi quando sua ditadura começou a desmoronar ao seu redor.
 
“A falha em seguir as chamadas de Blair para” manter as linhas abertas “e para estas primeiras conversas para iniciar qualquer compromisso pacífico continuam a reverberar.
 
“O Comitê vai querer considerar se da advertência profética de Gaddafi da ascensão de grupos militantes extremistas após o colapso do regime foi injustamente ignorado por causa da tomada de outra forma delirante de Gaddafi em assuntos internacionais.
 
“A evidência de que a Comissão tomou até agora neste inquérito sugere que os decisores políticos ocidentais eram bastante menos perspicaz do que Gaddafi sobre os riscos da intervenção, tanto para o povo líbio e os interesses ocidentais.”
 

February 25, 2011 – 11.15am to 11.45am (click na imagem abaixo)

February 25, 2011 – 3.35pm to 4pm (click on image below)

Relações entre Líbia e UK

On-off friends

On-off friends

1969: o coronel Muammar Gaddafi depõe pela força o rei Idris em um golpe militar, abrindo o caminho para a sua “Revolução Verde”.

1984: Um WPC britânico é morto a tiros por homens armados pró-Gaddafi fora da embaixada da Líbia em Londres. Grã-Bretanha rompe relações diplomáticas.

1986: Gaddafi denuncia Margaret Thatcher como uma “assassina e prostitutapor permitir bases britânicas para ser usadas por um bombardeio norte-americano sobre a Líbia.

1988: Uma bomba a bordo de voo Pan Am 103 sobre a cidade escocesa de Lockerbie mata 270 pessoas. A Líbia é suspeita.

1999: das mãos de  Gaddafi mais dois suspeitos por  Lockerbie foram a julgamento perante juízes escoceses. Um deles, Abdelbaset al-Megrahi, é condenado.

2007: Na sequência da decisão de Kadafi a desistir de seu programa de ADM, Tony Blair encontrá-lo em uma tenda no deserto da Líbia, abrindo o caminho para acordos de petróleo e liberação de al-Megrahi.

2011: EUA-Grã-Bretanha apoiam os rebeldes anti-Kadhafi na Primavera Árabe da Líbia.

Britânicos admitem que guerra contra a Líbia foi movida à mentiras.

(19 set 2016) – Após o relatório sobre a conduta execrável do então primeiro-ministro britânico Tony Blair durante a invasão do Iraque, em 2003, o Reino Unido confronta-se agora com um novo documento, publicado em 14 de setembro de 2016. O texto detalha como a guerra contra a Líbia, em 2011, promovida pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), foi movida à mentiras.

Outra conclusão óbvia do novo relatório, que ecoa denúncias da mídia alternativa e dos movimentos anti-imperialistas, é a de que o então presidente Muammar Kaddafi não planejava um massacre, como alegou-se então, e que a situação na Líbia só piorou desde a sua derrubada e execução.

Cebrapaz, Moara Crivelente

308194_511298648897908_1441917171_n

Líbia: Antes e depois do seu líder, o Estadista Muammar al-Gaddafi.

O relatório resultou de uma investigação lançada em julho de 2015 e conduzida pelo Comitê de Relações Exteriores da Câmara Baixa do Parlamento britânico. O documento, já citado por vários meios de comunicação internacionais, admite que não foram encontradas evidências de que o governo britânico tenha conduzido análise adequada da natureza da rebelião na Líbia. “A estratégia do Reino Unido foi baseada em suposições incorretas e um entendimento incompleto da evidência.”

O texto é intitulado “Líbia: Exame da intervenção e do colapso, e as futuras opções de políticas do Reino Unido” e foi elaborado pelo comitê bipartidário, cuja investigação incluiu entrevistas com políticos, jornalistas, acadêmicos, entre outros. Entre as principais conclusões podem se enumerar as seguintes, de acordo com o portal de análises Salon e outros meios internacionais:

– A ameaça de extremistas islamitas foi ignorada e piorada pelos bombardeios da Otan, o que resultou na disseminação do auto-proclamado Estado Islâmico no Norte da África.

– A França, que iniciou a intervenção militar, foi motivada por interesses políticos e econômicos, e não humanitários.

– A revolta, que foi violenta, e não pacífica, provavelmente não teria sido bem-sucedida se não fosse pela intervenção militar e assistência estrangeira. A mídia estrangeira, particularmente a Al-Jazeera, do Catar, e a Al-Arabiya, da Arábia Saudita, também espalharam rumores não fundamentados sobre Kaddafi e o governo líbio.

– Os bombardeios da Otan mergulharam a Líbia num desastre humanitário, matando milhares de pessoas e forçando centenas de milhares a se deslocarem, transformando a Líbia do país africano com o mais alto padrão de vida em um Estado fragmentado pela guerra.

Segundo o relatório, o mito sobre o plano de Kaddafi para um massacre em Bengazi – a segunda maior cidade líbia – não apresentava evidências. A falta de informações é contraposta, no texto, à descrição da intervenção pelos agentes dos serviços estadunidenses como uma “decisão de inteligência superficial.”

Em março de 2011, de acordo com o relatório, dois dias antes do início dos bombardeios da Otan, Kaddafi dissera aos rebeldes em Bengazi que deixassem as armas, “exatamente como seus irmãos em Ajdabiya e outros lugares. Eles baixaram as armas e estão a salvo. Nós não os perseguimos, de forma alguma.” O comitê britânico confirma que a retomada da cidade de Ajdabiya, no mês anterior, não foi seguida de perseguição aos rebeldes. Kaddafi “também tentou apaziguar os manifestantes em Bengazi com a oferta de assistência ao desenvolvimento antes de enviar tropas.”

Na contramão das alegações, George Joffé, da Universidade de Londres, foi citado no relatório dizendo que, embora a retórica de Kaddafi pudesse soar intimidatória, ele foi, na verdade, “bastante cuidadoso” ao evitar mortes de civis. Por exemplo, o pesquisador cita o esforço do então presidente ao tentar pacificar as tribos em Cyrenaica, no leste, durante seis meses, ao invés de investir militarmente.

Outros especialistas citados no documento dizem que as ameaças de que falavam líbios opositores na diáspora ou mesmo dos “rebeldes” cujas narrativas eram reproduzidas pelos meios ocidentais de comunicação foram “exageradas”, amplificando um mito que levou à violência extrema, inclusive com a prática dos rebeldes de perseguir e atacar imigrantes trabalhadores de outros países africanos, acusando-os de terem sido convocados por Kaddafi.

kadaggigi

O guerreiro filho do deserto: Muammar al-Gaddafi.

Estados Unidos, França e Reino Unido promovem a “mudança de regime”.

Em março de 2011, a então secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, taxou Kaddafi de uma “criatura” que “não tem qualquer consciência e vai ameaçar qualquer um em seu caminho.” Ela teve um papel protagonista na promoção dos bombardeios da Líbia pela Otan, alegando que Kaddafi faria “coisas terríveis” se não fosse detido, como lembra o Salon. Hillary participou inclusive na disseminação do mito de que Kaddafi incentivava suas tropas a violarem mulheres nas áreas controladas pelos rebeldes.

Os bombardeios da Otan contra a Líbia duraram mais de seis meses, de março a outubro de 2011, quando Kaddafi foi arrastado para a rua em sua cidade natal, Sirte, e executado em público pelos rebeldes. Hillary Clinton teria comemorado a execução ao vivo, na televisão, de acordo com Salon.

Esta foi mais uma das “intervenções” da Otan vendidas para consumo internacional como uma missão “humanitária”, lançada inicialmente pela França e estendida pela Otan. “A intervenção limitada, para proteger civis [supostamente, em Bengazi], tornou-se uma política oportunista para a mudança de regime,” afirma o documento do Comitê parlamentar. Citado pelo Salon, entretanto, Micah Zenko, do Council on Foreign Relations, cita documentos da própria Otan para afirmar que “a intervenção na Líbia foi destinada à mudança de regime desde o começo.”

O texto do comitê parlamentar britânico ainda confirma que a França liderou os esforços por uma intervenção militar contra a Líbia, seguida pelo Reino Unido e, depois, pelos Estados Unidos. As motivações francesas foram identificadas no documento como “os recursos financeiros quase infinitos” de Kaddafi, seus planos para criar uma moeda alternativa ao franco francês na África, seu projeto de suplantar o poderio da França da África francófona e o desejo francês de aumentar sua influência no norte africano.

nova-ordem-mundial-antes-e-depois

NWO – Nova Ordem Mundial

Inicialmente inseguros sobre a agressão devido a divisões internas, o governo estadunidense foi, depois da pressão franco-britânica pela imposição de uma zona de exclusão aérea sobre a Líbia, essencial para a extensão dos termos da Resolução 1973 do Conselho de Segurança da ONU, para incluir a permissão à tomada de “todas as medidas necessárias para proteger civis.”

Em um email à secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, seu assistente, Sidney Blumenthal, é citado pelo Salon mencionando os recursos “quase infinitos” do filho de Kaddafi, fazendo referência a uma reserva em ouro que seria destinada ao estabelecimento de uma moeda pan-africana baseada no dinar líbio, segundo o próprio assistente. Esta seria uma alternativa oferecida aos países africanos que ainda usavam o franco francês. Os agentes de inteligência da França, de acordo com o relatório, citando Blumenthal, descobriram o plano pouco depois do início da rebelião, o que teria sido um dos motivos para o então presidente Nicolás Sarkozy promover a agressão militar.

De acordo com o Salon,o comitê resume a situação humanitária atual na Líbia com uma referência à fala do presidente estadunidense Barack Obama, de abril de 2016, quando ele a classificou de um “show de merda”.

O país está fragmentado e a situação possibilitou a disseminação de grupos extremistas como o “Estado Islâmico”. Um oficial da Defesa britânica citado pelo relatório diz que o envolvimento de grupos ligados à rede terrorista Al-Qaeda com os rebeldes apoiados pela Otan “não estava claro” à época. A destruição causada pela Otan ainda possibilitou que as grandes reservas de armamentos e munições da Líbia fossem parar nas mãos das milícias ou traficadas por todo o norte e ocidente africano e também no Oriente Médio, reconhece o documento.

Cebrapaz, Moara Crivelente

[FONTE: ORIENTE mídia]

MÍDIA FALA: Estadista Muammar al-Gaddafi, assassinado pelos EUA e por Hillary Clinton sua futura Presidenta.

JULIAN ASSANGE: HILLARY É UM FALCÃO DE GUERRA QUE SE EXCITA INDECENTEMENTE EM MATAR PESSOAS.

ha

Hillary Clinton e Julian Assange.

WikiLeaks

Resumo:  Mudará para melhor a situação de Assange após o fracasso da ONU em seu favor?

“O governo   penal dos EUA não vai permitir que liberem Assange.”

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, tem comparado a presidenciável Hillary Clinton, como o “falcão de guerra”, porque “excita indecentemente em matar pessoas.”

“Hillary não tem juízo e empurra  os EUA para guerras intermináveis estupidipidamente propagando o terrorismo. A sua personalidade combinada com decisões políticas de baixa qualidade têm contribuído diretamente para o florescimento do Estado Islâmico”, afirmou Assange ao WikiLeaks.

Embora o Pentágono “faça oposição à destruição da Líbia”, Clinton conseguiu. A Líbia “tornou-se um refúgio para EI”, afirmou.

“Centenas de toneladas de armas [Exército Líbio] foram transferidos para os jihadistas na Síria”, continuou Assange. “A Guerra de Hillary aumentou o terrorismo, matou dezenas de milhares de civis inocentes e ajustou para trás os direitos das mulheres no Oriente Médio”, disse o jornalista.

“Hillary  foi a favor da destruição do Estado líbio”, assegurou. Ao ouvir que o presidente Gaddafi tinha sido morto com a sua ajuda, política, disse: “Nós viemos, nós vimos, ele morreu!” 

Assista: Reação de Hillary Clinton ao saber da captura de Gaddafi ex-Presidente da Líbia assassinado.

*Ative a legenda dos vídeos para o português.

Nada tendo aprendido com o desastre da Líbia, a candidata a ocupante da Casa Branca “começou a tentar fazer o mesmo na Síria”, disse Assange. “Ela não deve se tornar presidente dos Estados Unidos”, concluiu Assange.

__

12047182_998875070176027_8491315848572935990_nclkjhg

MAIS…

RELACIONADOS:

>> Leia também: Tsunami nacionalista populista avança no mundo todo!

>> Leia também: A Nova Ordem Mundial de Apocalipse 13 e 17 em Detalhes!

>> Leia também: Sinais dos Tempos: Um novo modelo de líder nacional e mundial

>> Leia também: Patriarca Kirill de Moscou pede a recuperação de “valores” de Lênin e Stálin

>> Leia também: Há uma tríplice aliança mundial entre Donald Trump, Vladimir Putin e o papa Francisco?

 >> Leia também: Profecia católica de São Malaquias afirma que um jesuíta seria o papa do fim do mundo!

>> Leia também: RELIGIÃO ÚNICA A TODO VAPOR: Papa Francisco vai à Sinagoga e dias depois recebe convite para visitar a maior Mesquita do Ocidente

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

>> Leia também: O mistério da grande meretriz: papa Francisco admite deixar Igreja Católica com dois eméritos e exorta líderes a combater “praga do terrorismo”

MAIS…

MAIS…

>> Leia também: Islã Significa Submissão ou morte!

>> Leia aqui no site tudo sobre Boko Haram

>> Leia aqui no site tudo sobre Arábia Saudita

>> Leia também: O QUE É A ONU? – CRIAÇÃO LUCIFERIANA!

>> Leia também: O guerreiro filho do deserto: Dossiê Muammar al-Gaddafi

>> Leia também: ONU não reconhece genocídio de cristãos por muçulmanos!

>> Leia também: Como os muçulmanos devem tratar os cristãos segundo o Islamismo

>> Leia também: Por que as feministas ocidentais não se preocupam com as mulheres muçulmanas?

>> Leia também: Cem mil cristãos são mortos por ano devido a perseguição religiosa e extremismo islâmico!

>> Leia também: Estados Unidos aceitaram apenas 28 cristãos refugiados, mas aceitaram 5.435 refugiados muçulmanos, apesar do genocídio incomparável do Islamismo contra os cristãos! Explicado?

>> Leia também: Barack Obama é o primeiro presidente gay dos EUA

>> Leia também: Obama não nasceu nos EUA, sua presidência é ilegal

>> Leia também: Barack Obama usa anel com a declaração de fé: “Não há Deus senão Alá”

>> Leia também: A União Europeia propõe o uso da identidade digital para acessar a internet!

>> Leia também: Internet mundial sob controle da ONU: Um legado de Barack Hussein Obama

>> Leia também: Barack Hussein Obama entrega internet a ONU e “organismos internacionais”

>> Leia também: Bomba! Barack Obama é desmascarado de maneira conclusiva como criação da CIA

>> Leia também: Obama revela que mantém uma estátua de um deus Hindu e Buda no bolso (VÍDEO)

>> Leia também: Principais comandantes do Estado Islâmico (ISIS) fugiram para a América, alarma a Rússia

>> Leia também: Meninas adolescentes que saíram de casa para se tornarem “noivas” do ISIS descobrem que o ISIS é mau!

>> Leia também: RELIGIÃO DE PAZ? Clérigo muçulmano no Brasil ensina como bater em esposas

>> Leia também: Como os muçulmanos devem tratar os cristãos segundo o Islamismo

>> Leia também: Se o paraíso islâmico tem 72 virgens, que interesse despertaria em uma mulher-bomba?

>> Leia também: Por que os terroristas do Estado Islâmico (ISIS) executam gays, mas mantêm homossexuais em suas fileiras?

>> Leia também: Estupro e Escravidão Sexual: Por que, no Islamismo, uma mulher é presa, açoitada ou morta depois de ser estuprada?

>> Leia também: A forma e a fórmula do verdadeiro batismo bíblico: Todos os batismos realizados pelos apóstolos foram em nome do Senhor Jesus Cristo!

>> Leia aqui no site tudo sobre o Estado Islâmico

>> Leia também: A farsa do Estado Islâmico (ISIS)

>> Leia também: ESTOURO: A Farsa do Grupo Terrorista ISIS

>> Leia também: Falsos ataques terroristas (False-Flag Attack)

>> Leia também: EUA e aliados são os principais financiadores mundiais do terrorismo!

>> Leia também: Está provado…EUA, Israel, OTAN e Aliados criaram e financiam o ISIS

>> Leia também: Maior cemitério do mundo recebe vítimas do Estado Islâmico no Iraque!

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

>> Leia também: ROMA PAPAL: MUITO OURO E PODER

>> Leia também: Banco do Vaticano é o principal acionista da maior indústria de armamentos do mundo, a Pietro Beretta!

>> Leia também: ECUMENISMO: A RELIGIÃO DE SATANÁS

>> Leia também: Patriarca Kirill de Moscou pede a recuperação de “valores” de Lênin e Stálin

>> Leia também: Conceitos de direita e esquerda estão em desarmonia com a cosmovisão bíblica!

>> Leia também: Nazismo e Comunismo (Direita e Esquerda), ambos manipulados pela elite capitalista

>> Leia também: RELIGIÃO ÚNICA A TODO VAPOR: Papa Francisco vai à Sinagoga e dias depois recebe convite para visitar a maior Mesquita do Ocidente

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

>> Leia também: Barack Hussein Obama 3º Mandato? FEMA, Lei Marcial, Desastres…Está Tudo Preparado?

>> Leia também: Carta escrita pelo ‘Papa’ da maçonaria Albert PIke em 1871 (século XIX) revela a 3ª Guerra Mundial. Chocante!

>> Leia também: Por que a eleição americana entre Clinton e Trump é uma farsa?

>> Leia também: Entenda o que é a política, por que a democracia é um mito e as eleições um ritual!

>> Leia também: Ig Farben, o extermínio de milhões de pessoas e o grupo farmacêutico Bayer-Basf

>> Leia também: ‘El País’: Temer inaugura a república evangélica com católicos, protestantes e pentecostais!

>> Leia também: O último grande engano com a união do Catolicismo, Protestantismo apostatado e Espiritismo em todo o mundo!

>> Leia também: BALAÃO: A IMAGEM FIEL DA REPRESENTATIVIDADE POLÍTICA DO PROTESTANTISMO APOSTATADO EM NOSSA GERAÇÃO!

>> Leia também: Profecias de Daniel 11: Evangélicos e católicos ‘conservadores’ do Brasil estão empurrando a política para o conservadorismo da direita apostatada!

>> Leia também: Michel Temer foi empossado presidente do Brasil em reunião exclusiva com maçons evangélicos e católicos antes de dar o golpe final contra o governo de Dilma Rousseff

MAIS…

>> Leia também: Bomba! Barack Obama é desmascarado de maneira conclusiva como criação da CIA

>> Leia também: Obama não nasceu nos EUA, sua presidência é ilegal

>> Leia também: Obama revela que mantém uma estátua de um deus Hindu e Buda no bolso (VÍDEO)

>> Leia também: Barack Obama usa anel com a declaração de fé: “Não há Deus senão Alá”

>> Leia também: Barack Obama é o primeiro presidente gay dos EUA

>> Leia também: EUA: As eleições preparam a guerra!

>> Leia aqui no site tudo sobre o Estado Islâmico

>> Leia também: ESTOURO: A Farsa do Grupo Terrorista ISIS

>> Leia também: Falsos ataques terroristas (False-Flag Attack)

>> Leia também: Está provado…EUA, Israel, OTAN e Aliados criaram e financiam o ISIS

>> Leia também: Estados Unidos e aliados são os principais financiadores mundiais do terrorismo!

>> Leia também: Patriarca Kirill de Moscou pede a recuperação de “valores” de Lênin e Stálin

>> Leia também: 4 de Julho: Os Estados Unidos são independentes ou existe um poder superior que domina a Casa Branca?

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

>> Leia também: Setembro de 2015 e Agenda ONU 2030 – A Escravidão Global

>> Leia também: Setembro de 2015 e Agenda ONU 2030 – A Escravidão Global – Parte 2

>> Leia também: Oculto Revelado: Reunião do Clube Bilderberg 2016!

>> Leia também: Bilderberg: Misteriosa conferência reúne elite mundial na Alemanha!

>> Leia também: A Nova Ordem Mundial: O Jogo Illuminati

>> Leia também: Mídia: Berlim e Paris planejam ‘Superestado europeu’ em vez da UE

>> Leia também: Nova Thatcher? Quem é Theresa May, a nova primeira-ministra do Reino Unido

>> Leia também: Brexit: O Filme – A liberdade não está livre!

>> Leia também: Cenário Internacional: Reino Desunido = Desunião Europeia; Tese, Antítese = Síntese

>> Leia também: Uma nova Europa? O Reino Unido ainda pode voltar atrás no Brexit? Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

>> Leia também: Guerra de titãs: Globalistas vs Nacionalistas!

>> Leia também: Os 4 Cavaleiros do Apocalipse e a Cronologia do Fim!

>> Leia também: Conceitos de direita e esquerda estão em desarmonia com a cosmovisão bíblica!

>> Leia também: Nazismo e Comunismo (Direita e Esquerda), ambos manipulados pela elite capitalista

>> Leia também: Carta escrita pelo ‘Papa’ da maçonaria Albert PIke em 1871 (século XIX) revela a 3ª Guerra Mundial. Chocante!

RELACIONADOS:

>> Leia também: REVELAÇÃO BÍBLICA: Símbolos Proféticos – Significado Literal

Acesse: A Profecia das Nações

Acesse: O SINAL DO ANTICRISTO

Acesse: A MARCA DO ANTICRISTO

Acesse: A Verdadeira Marca da Besta

>> Leia também: Microchip, Tecnologia e 666 – Tirando o nosso foco na verdade bíblica da verdadeira Marca da Besta!

Acesse: O Anticristo vem do Islamismo?

Acesse: A Grande Batalha do Armagedom

>> Leia também: ECUMENISMO: A RELIGIÃO DE SATANÁS

>> Leia também: O QUE É A ONU? – CRIAÇÃO LUCIFERIANA!

>> Leia também: Islamismo ou Vaticano: Quem cumpre a profecia?

>> Leia também: O falso papa e o cumprimento da profecia do Terceiro Templo – A Religião Mundial

Acesse: Vi emergir do Mar uma Besta …E deu-lhe o Dragão o seu poder, o seu trono e grande autoridade

Acesse: A segunda Besta …e faz que a Terra e os que nela habitam adorem a primeira Besta, cuja chaga mortal fora curada

>> Leia também: A Nova Ordem Mundial de Apocalipse 13 e 17 em Detalhes!

>> Leia também: 4 de Julho: Os Estados Unidos são independentes ou existe um poder superior que domina a Casa Branca?

>> Leia também: Banco do Vaticano é o principal acionista da maior indústria de armamentos do mundo, a Pietro Beretta!

>> Leia também: Uma farsa muito grande está sendo montada: A Chegada! Estão nos preparando definitivamente para um contato alienígena?

>> Leia também: Antes, durante e depois da Reforma Protestante: pessoas fiéis ao Senhor Jesus Cristo que afirmaram com todas as letras que Roma Papal é o sistema do Anticristo!

_______
Siga APCNEWS no Facebook e Twitter

Deixe seu comentário!
Mais em Economia
Profetizada a quebra da economia mundial – O colapso econômico da América e do mundo é iminente. Prepare-se!

por Luiz Carlos Fernandes Então, ouvi o que parecia uma voz grave, vinda dentre os quatro seres viventes, exclamando: “Um...

Fechar