O fracasso da humanidade: Os 10 países mais pobres do mundo!

por Júlio César Prado

14522843_671451123007383_3402848555203371016_nsdf

O FRACASSO DA HUMANIDADE – Cerca de 800 milhões de pessoas ainda vivem na pobreza e sofrem com a fome, apesar de as Metas de Desenvolvimento do Milênio da ONU serem a iniciativa contra a pobreza mais bem-sucedida da história, informou a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta segunda-feira (06-10-2016).

O número de pessoas que vivem na pobreza extrema, com menos de US$ 1,25 por dia, diminuiu mais da metade – de 1,9 bilhão para 836 milhões em 1990 -, afirmou a ONU em um relatório que analisou oito objetivos de desenvolvimento estabelecidos na Declaração do Milênio em 2000. “Depois de avanços profundos e consistentes, agora sabemos que a pobreza extrema pode ser erradicada dentro de mais uma geração”, afirmou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, em comunicado.

“As metas contribuíram enormemente para este progresso e nos ensinaram como governos, empresas e a sociedade civil podem trabalhar juntos para obter avanços transformadores”. Mas o progresso tem sido desigual em diferentes regiões e países, segundo a ONU, e a nova pauta de desenvolvimento sustentável deveria se concentrar nas desigualdades para melhorar as vidas das pessoas mais pobres e vulneráveis.

Os líderes mundiais devem adotar uma série de novos objetivos de desenvolvimento – conhecidos como metas de desenvolvimento sustentável– em uma cúpula da ONU em setembro. As novas metas almejam erradicar a pobreza extrema até 2030.

Os conflitos, que em 2014 deixaram quase 60 milhões de desabrigados em países como Síria, Iraque, República Centro-Africana, Nigéria e Paquistão, continuam sendo a maior ameaça ao desenvolvimento humano, e os Estados frágeis e afetados por conflitos têm as maiores taxas de pobreza, alertou a ONU (Reuters).

Faltam adjetivos apropriados para descrever o cenário que está montado, aguardando o último ato do milenar drama. O cenário é tal qual foi descrito por profetas e apóstolos e pelo próprio Senhor Jesus. Guerras, rumores de guerras, mais poder destruidor armazenado. Novas e mais sofisticadas armas são produzidas a cada ano. Um cenário bélico, um cenário de guerra. A violência e brutalidade, o desrespeito à vida humana, os mais bestiais crimes são cometidos sem que se vislumbre um mínimo de esperança em conte-los.

H. G. Wells em seu livro A Inteligência Esgotada, escreveu: “Este mundo chega ao final de seu caminho. Aproxima-se o fim de tudo quanto chamamos vida, e não podemos evitar… Não há caminho que nos leve fora, nem ao redor, nem através deste beco sem saída. É o fim… Com velocidade cada vez maior, giramos para o vórtice da destruição. Uma série de acontecimentos obriga o observador inteligente a aceitar que a História Humana chega ao fim”.

Ellen G. White, escritora cristã norte-americana diz: “Satanás deleita-se na guerra, pois esta excita as mais vis paixões da alma, arrastando então para a eternidade as suas vítimas engolfadas no vício e sangue. É seu objetivo incitar as nações à guerra umas contra as outras, pois pode assim desviar o espírito do povo da obra de preparo para estar em pé no dia de Deus” (O Grande Conflito, pág. 588). Temos sólidos fundamentos para afirmar que nos aproximamos dos portais de uma nova era, a do mundo prometido por Deus.

A violência crescente que nos rodeia é um sinal inequívoco de que brevemente Jesus Cristo regressará a Terra para estabelecer Seu reino de paz. Assim declarou o Mestre em Seu célebre sermão profético, o que está se cumprindo ante nossos olhos de forma impressionante. Aproximamo-nos também do dia em que os homens deverão prestar contas ao Juiz de toda a Terra, de como administramos nossos bens materiais e espirituais. Então, “haverá choro e ranger de dentes” para muitos que provocaram lágrimas e derramamento desnecessário de sangue (S. Mateus 13:42).

O cenário está pronto. “Venha o Teu Reino! Vem, Senhor Jesus”, tem sido a oração dos cristãos sinceros através dos tempos. Que se cumpra logo o segundo Advento, o glorioso aparecimento de nosso Senhor. Que logo venha a última noite da história; noite que será seguida da eternidade, eternidade de paz, de alegria e de felicidade. Sim, meus amigos o segundo Advento de Cristo mudará tudo e todos. Não haverá mais contagem do tempo, pois teremos entrado na eternidade. Não haverá mais história. Haverá vida eterna (Foto: Divulgação).

Carência

O mundo tem feito avanços na luta contra a pobreza, mas ela segue em níveis alarmantes e muito longe do ideal.

Em países como Malauí e Libéria, a renda per capita não chega a mil dólares por ano por pessoa.

Na República Centro-Africana, o mais pobre de todos, a expectativa de vida é de 50,7 anos (24 a menos do que no Brasil).

Recentemente, a Global Finance Magazine compilou uma lista com os 10 países mais pobres do mundo em PIB per capita em paridade de poder de compra.

O PPP usa como base o real custo dos preços e serviços, como se todos os países tivessem uma moeda comum, e não o valor nominal dado pelas taxas de câmbio, que são voláteis e dão um peso desproporcional para quem tem moeda forte.

Veja a seguir o ranking e também os dados de população, expectativa de vida e posição no ranking de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da Organização das Nações Unidas de cada país:

 

Mulher em campo para refugiados em Batangafo, na República Centro-Africana.

__

Crianças olham para projétil achado no campo de refugiados Al-Abassi, no norte de Darfur, República Centro-Africana.

 
 

1. República Centro-Africana

PIB per capita (PPP) US$ 639
População 4,6 milhões
Expectativa de vida 50,7 anos
Ranking de IDH 187º de 188

__

 
 

2. República Democrática do Congo

PIB per capita (PPP) US$ 753
População 67,5 milhões
Expectativa de vida 58,7 anos
Ranking de IDH 176º de 188

__

Crianças no Malauí.

 
 

3. Malauí

PIB per capita (PPP) US$ 819
População 16,3 milhões
Expectativa de vida 62,8 anos
Ranking de IDH 173º de 188

__

 

Profusão de carros no trânsito da Libéria.

 
 

4. Libéria

PIB per capita (PPP) US$ 934
População 4,2 milhões
Expectativa de vida 60,9 anos
Ranking de IDH 177º de 188

__

 
 

5. Burundi

PIB per capita (PPP) US$ 951
População 10 milhões
Expectativa de vida 56,7 anos
Ranking de IDH 184º de 188

__

Crianças bebem água de uma fonte improvisada no Níger.

 
 

6. Níger

PIB per capita (PPP) US$ 1.069
População 18 milhões
Expectativa de vida 61,4 anos
Ranking de IDH 188º de 188

__

Crianças percorrem as águas da enchente em Chokwe, perto do Limpopo, em Moçambique.

 
 

7. Moçambique

PIB per capita (PPP) US$ 1.208
População 26 milhões
Expectativa de vida 55,1 anos
Ranking de IDH 180º de 188

__

 
 

8. Eritreia

PIB per capita (PPP) US$ 1.210
População 6,3 milhões
Expectativa de vida 63,7 anos
Ranking de IDH 186º de 188

__

 
 

9. Guiné

PIB per capita (PPP) US$ 1.388,74
População 12 milhões
Expectativa de vida 58,8 anos
Ranking de IDH 182º de 188

__

Garimpeira em Madagascar.

 
 

10. Madagascar

PIB per capita (PPP) US$ 1.477
População 23 milhões
Expectativa de vida 65,1 anos
Ranking de IDH 154º de 188

__

Veja agora quais são os 10 países mais ricos do mundo (e o Brasil em 79º)

[FONTE: EXAME]

MAIS…

>> Leia também: Tudo sobre Criptomoedas

>> Leia também: Entenda como é uma transação feita com a moeda virtual Bitcoin

>> Leia também: CRIPTOMOEDAS: A HISTÓRIA DA ECONOMIA ESTÁ SENDO REESCRITA!

>> Leia também: PayPal passa a aceitar o Bitcoin!

>> Leia também: Moeda física tem data para acabar, diz diretor-geral do PayPal na AL

>> Leia também: Mundo em transição: Rússia e China prestes a anunciar o fim da era do dólar?

>> Leia também: Oculto Revelado: Reunião do Clube Bilderberg 2016!

>> Leia também: Bilderberg: Misteriosa conferência reúne elite mundial na Alemanha!

>> Leia também: A Nova Ordem Mundial: O Jogo Illuminati

>> Leia também: Mídia: Berlim e Paris planejam ‘Superestado europeu’ em vez da UE

>> Leia também: Brexit: O Filme – A liberdade não está livre!

>> Leia também: Cenário Internacional: Reino Desunido = Desunião Europeia; Tese, Antítese = Síntese

>> Leia também: Guerra de titãs: Globalistas vs Nacionalistas!

_______
Siga APCNEWS no Facebook e Twitter

Deixe seu comentário!
Mais em Economia
Câmara dos deputados aprovou texto-base para privatização da Petrobras que a deixará nas mãos das empresas mais corruptas do mundo e sem exclusividade na exploração do Pré-Sal

Graças a Moro, Temer, PSDB, Globo, entregaram o Pré-Sal que vale US$ 30 trilhões á empresas americanas. Entrega do Pré-Sal...

Fechar