Rússia e a bomba de pulso eletromagnético (EMP)

…”E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;”… {Mateus 24:6}

A Rússia vem desenvolvendo uma arma ultra-sofisticada que pode destruir a rede elétrica dos Estados Unidos e condenar à morte milhões de pessoas.

E pior: aliados de Vladimir Putin também já possuem ou estão em vias de obter tal arma, o que pode mudar o equilíbrio de forças a favor de nações inimigas da “democracia.

*Ative a legenda do vídeo para o português.

Imagine uma arma secreta que emitisse raios gama capazes de danificar a rede elétrica de um país inteiro, inutilizar aviões, armas, bombas atômicas e submarinos; e destruir satélites, componentes eletrônicos e computadores, interrompendo todo o sistema de comunicações. Imagine ainda que essa arma, ao ser detonada, fizesse parar de funcionar aeronaves e mísseis em pleno voo, ou mesmo destruir todo o arsenal nuclear inimigo. Pode parecer coisa de vilão de história em quadrinhos ou de filmes de 007, mas não é. É algo muito próximo de se tornar realidade e que vem sendo desenvolvido pela Rússia há mais de 50 anos. Há suspeitas de que a China e a Coréia do Norte também já possuam tecnologia para construir essa superarma. Ela se chama EMP: Electromagnetic Pulse (Pulso Eletromagnético).

Mas em que consiste exatamente o EMP? Conforme explica o analista militar e escritor Jeffrey Nyquist, é uma ogiva nuclear detonada em elevada altitude – entre 30 e 200 quilômetros de altura -, onde o campo magnético da Terra é mais forte. O impacto da explosão não atingiria a superfície do planeta, mas geraria um pulso eletromagnético com um raio de milhares de quilômetros, e capaz de penetrar em equipamentos eletrônicos e na rede elétrica, causando um pico de energia gigantesco que literalmente “fritaria” os circuitos. Quanto maior a altitude da explosão, maior o raio de ação. Dessa forma, o país atingido deixaria de funcionar, ao ter a sua rede de energia seriamente afetada, e voltaria ao século XIX, com consequências catastróficas. Segundo Nyquist, os Estados Unidos deixaram de desenvolver sua própria versão da bomba de pulso eletromagnético, e estão vulneráveis a um possível ataque conduzido por seus inimigos. Hoje em dia, já se sabe que a Rússia mantém o mais avançado arsenal nuclear do mundo, e que também possui superioridade nuclear no campo de batalha europeu, segundo relatou Nyquist em artigo traduzido para o Mídia Sem Máscara, em março de 2015. E não somente a Rússia, mas a China também está em vias de superar tecnologicamente os EUA no arsenal nuclear. 

Após o teste nuclear conduzido pela Coréia do Norte no começo de setembro – o segundo realizado em 2016 e o mais poderoso até agora, com potência de 10 quilotons (http://edition.cnn.com/2016/09/11/asia/south-korea-north-korea/) as autoridades da Coréia do Sul já se preparam para um eventual conflito militar envolvendo armas atômicas contra seu vizinho. Desde 2009, o exército norte-coreano já realizou cinco testes nucleares, e analistas internacionais temem que, em breve, o país seja capaz de implantar ogivas nucleares em seus mísseis de longo alcance. Segundo o analista de segurança nacional americano Peter Vincent Pry, é possível que a Coréia do Norte já tenha feito testes nucleares envolvendo o EMP. Em um deles, realizado em maio de 2009, a emissão em altos níveis de raio gama, combinada com uma explosão relativamente pequena de 3 quilotons (http://www.financialsense.com/contributors/jr-nyquist/emp-and-the-shield-act) podem ser uma indicação de que o regime ditatorial de Pyongyang estivesse fazendo experimentos com o pulso eletromagnético, utilizando tecnologia recebida da Rússia. 

Peter Vincent Pry também é diretor da EMP Task Force, comissão que atua no congresso americano, e afirma que um ataque de pulso eletromagnético (http://www.vice.com/read/we-asked-a-military-expert-how-scared-the-us-should-be-of-an-emp-attack-508) reduziria drasticamente o acesso da população dos EUA a alimentos, uma vez que um corte no fornecimento de energia prejudicaria toda a infra-estrutura de fornecimento, deixando a população sem comida. “Nove entre cada dez norte-americanos morreriam de fome”, afirma. Por sua vez, o site Secrets of Survival enumera uma curiosa lista de lugares a serem evitados no caso de um ataque de EMP e dá dicas de sobrevivência. Apesar dos alertas parecerem exagerados à primeira vista (desde elevadores até hospitais devem ser evitados, e as pessoas devem recorrer a bicicletas para meio de transporte), o site apresenta argumentos bastante convincentes e dá uma boa idéia do caos que reinaria em tal situação. 

Em abril do ano passado, o exército dos EUA começou a armazenar equipamentos em bunkers para protegê-los de um possível ataque. Um desses abrigos, localizado sob a montanha Cheyenne, no Colorado, e que data dos tempos da Guerra Fria, estava desativado até recentemente, mas voltou a operar, ao receber aparelhos de comunicação do Comando do Espaço Aéreo Norte-Americano (NORAD). Nos últimos anos, dois projetos de lei regulamentando a criação de um sistema de proteção da infra-estrutura da rede elétrica norte-americana contra danos letais chegaram a tramitar no congresso daquele país, mas não obtiveram aprovação. O mais recente deles, conhecido como Shield Act, conseguiu passar na Câmara dos Deputados, mas acabou barrado no Senado. Pelo menos nisso o governo de Barack Obama resolveu agir e está investindo 1 bilhão de dólares para tornar o NORAD mais resistente a um ataque nuclear envolvendo o pulso eletromagnético. Mas será que essas medidas são suficientes? O quão protegida estaria a população dos EUA – e a dos demais países do Ocidente -, na eventualidade de um ataque de EMP?

Além da Rússia, da China e da Coréia do Norte, o Irã pode estar próximo de fabricar sua primeira bomba atômica. Mesmo assim há, entre os conselheiros de Obama, quem demonstre total ignorância do problema, como é o caso de Peter W. Singer, consultor de Estado-Maior do presidente norte-americano. Em uma entrevista, em abril de 2016, Singer classificou como “piada” a hipótese de um ataque de EMP. Enquanto muitos dentro do Congresso americano e da administração Obama consideram fantasiosa e exagerada essa ameaça, as nações inimigas da democracia vem desenvolvendo armas cada vez mais sofisticadas e letais, o que poderá em breve causar um desequilíbrio de forças que pode ser decisivo para o Ocidente. [FONTE: MÍDIA SEM MÁSCARA]

Alexandre Cegalla é jornalista.

Recomendamos assistir esse ótimo vídeo, onde o Sr. Marcelo Vennucci aborda o assunto das Bombas EMP (Bombas de Pulso Eletromagnéticas) na qual foi comentado na matéria do Blog Conflitos e Guerras, onde os EUA lançaram uma Ordem Executiva com o pretexto de se defender das ações nocivas das tempestades Solares, mas que é na verdade, não passa de um plano mascarado para construir um sistema de defesa contra essas bombas.

Leia a nossa matéria no link: >> Leia também: Apenas uma Terceira Guerra Mundial ou algo ainda maior?

Isso reforça ainda mais os rumores sobre a preparação dos EUA para a iminente Guerra contra Rússia e China.

Obrigado caros leitores.

>> Leia também: Falsos ataques terroristas (False-Flag Attack)

>> Leia também: Rússia e a bomba de pulso eletromagnético (EMP)

>> Leia também: Entenda a bomba de hidrogênio e sua potencialidade destrutiva

>> Leia também: WW3: As poderosas bombas de pulso eletromagnético (PEM / EMP)

Leia também: Rússia desenvolveu e testou com sucesso nova arma eletrônica exclusiva e a mais avançada que se tem notícia no mundo!

MAIS…

>> Leia aqui no site tudo sobre Hillary Clinton

>> Leia também: OS ATENTADOS DE 11 DE SETEMBRO

>> Leia também: Profetizada a quebra da economia mundial

>> Leia também: O QUE É A ONU? – CRIAÇÃO LUCIFERIANA!

>> Leia também: 4 de Julho: Os Estados Unidos são independentes?

>> Leia também: Bill Clinton admite que Hillary Clinton fala com os mortos!

>> Leia também: Por que a eleição americana entre Clinton e Trump é uma farsa?

>> Leia também: Festa das Trombetas: O apocalipse financeiro começou!

>> Leia também: O guerreiro filho do deserto: Dossiê Muammar al-Gaddafi

>> Leia também: Haverá um arrebatamento secreto Pré e Meso-Tribulacionista?

>> Assista: O colapso econômico da América e do mundo é iminente. Prepare-se!

>> Assista: O primeiro filme da história que Hollywood não quer que você assista!

>> Leia aqui no site tudo sobre Hillary Clinton

>> Leia também: EUA: As eleições preparam a guerra!

>> Leia também: Por que a eleição americana entre Hillary Clinton e Donald Trump é uma farsa?

>> Leia também: CONHEÇA A FEMA: A AGÊNCIA FEDERAL DE GESTÕES DE EMERGÊNCIAS DO GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS

>> Leia também: 4 de Julho: Os Estados Unidos são independentes ou existe um poder superior que domina a Casa Branca?

>> Leia também: Preparação para o “inferno” americano? Fábricas e supermercados estão virando campos de concentração da FEMA!

>> Leia também: Governo de Mauricio Macri inaugurará primeiro campo de concentração na Argentina!

>> Leia também: “Campos da FEMA estão vindo”; Adverte a Suprema Corte de Justiça!

>> Leia também: 2016: Fotos feitas via satélite revelam caixões da FEMA sendo produzidos em grande produção!

>> Leia também: Tudo sobre Criptomoedas

>> Leia também: PayPal passa a aceitar o Bitcoin!

>> Leia também: Moeda física tem data para acabar, diz diretor-geral do PayPal na AL

>> Leia também: Mundo em transição: Rússia e China prestes a anunciar o fim da era do dólar americano?

>> Leia também: CRIPTOMOEDAS: A HISTÓRIA DA ECONOMIA ESTÁ SENDO REESCRITA. NÃO FIQUE DE FORA DESSA E NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE VENCER!

>> Leia também: A farsa do Estado Islâmico (ISIS)

>> Leia também: ESTOURO: A Farsa do Grupo Terrorista ISIS

>> Leia também: Falsos ataques terroristas (False-Flag Attack)

>> Leia também: Entenda a bomba de hidrogênio e sua potencialidade destrutiva

>> Leia também: Oculto Revelado: Reunião do Clube Bilderberg 2016!

>> Leia também: Bilderberg: Misteriosa conferência reúne elite mundial na Alemanha!

>> Leia também: A Nova Ordem Mundial: O Jogo Illuminati

>> Leia também: Mídia: Berlim e Paris planejam ‘Superestado europeu’ em vez da UE

>> Leia também: Brexit: O Filme – A liberdade não está livre!

>> Leia também: Cenário Internacional: Reino Desunido = Desunião Europeia; Tese, Antítese = Síntese

>> Leia também: Guerra de titãs: Globalistas vs Nacionalistas!

_______
Siga APCNEWS no Facebook e Twitter

Deixe seu comentário!
Mais em Ciência
Terremotos de altas magnitudes atingiram o norte do Peru, a costa da Papua Nova Guiné e o noroeste da China!

...,"e terremotos, em vários lugares."... {Mateus 24:7} >> Leia aqui no site tudo sobre Terremoto Terremoto de magnitude 5,3 atinge...

Fechar