Veículos brasileiros terão placas no padrão do Mercosul em 2017, define Contran

Novo formato trará plena vigilância sobre os veículos e trará maior número de combinações.

MODELO PLACA MERCOSUL (FOTO: DIVULGAÇÃO)

MODELO PLACA MERCOSUL (FOTO: DIVULGAÇÃO)

O Diário Oficial da União divulgou nesta sexta-feira (27) a data para o início do uso do novo sistema de emplacamento de carros para o Mercosul. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu como 31 de dezembro de 2020 a data limite para que todos os carros do país estejam circulando com a nova placa. Carros novos, em transferência de município ou que precisem mudar de placa começam a receber o novo padrão já a partir de janeiro de 2017.

Arte mostra como será a placa do Mercosul que carros usarão no Brasil a partir de 2017

Arte mostra como será a placa do Mercosul que carros usarão no Brasil a partir de 2017.

Alterações serão obrigatórias para o dia 31 de dezembro de 2020; modelo serve para padronizar os carros no Mercosul.

Como é a nova placa?

A nova placa tem fundo branco com a margem superior azul, contendo ao lado esquerdo o logotipo do Mercosul, ao lado direito a bandeira do Brasil e, ao centro, o nome do país. O desenho é muito parecido com a placa que se vê na União Europeia. A três letras e quatro números invertem de proporção: serão quatro letras e três números, em qualquer ordem — desde que o último caractere seja numérico. Segundo cálculos matemáticos, o modelo atual tem 175 milhões de combinações possíveis; no novo, serão mais de 450 milhões.

Apesar de manter os sete caracteres alfanuméricos, como as chapas de hoje, fornecidos pelo Denatran, as novas precisarão ter a inscrição das palavras “Mercosur Brasil Mercosul”. Será o fim da possibilidade de personalização.

Placas para automóveis, caminhões, ônibus e reboques (à esquerda) e motos: emblema do Mercosul, nome e bandeira do país, bandeira do Estado e brasão da cidade, faixa holográfica, código 2D e marcas de segurança diferenciam novos modelos.

No novo sistema, segundo o Denatran, a placa será formada sempre por quatro letras e três números dispostos de forma aleatória.  “A placa terá fundo branco, sete caracteres alfanuméricos e uma tarja azul. A tarja contará com o emblema do Mercosul, nome do país e a bandeira. A patente aprovada terá as mesmas dimensões de largura e altura da atual placa utilizada no Brasil”, diz o departamento. As cores das letras e dos números servirão para caracterizar os tipos de veículos: preta para veículos de passeio, vermelha para comerciais, prateado para colecionadores, verde para unidades em testes, azul para oficiais e dourado para diplomáticos.

A nova placa também será utilizada por veículos da Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Ainda para auxiliar a identificação, os cinco países optaram por criar o chamado Sistema de Interconsulta Regional, um banco de dados que reúne informações sobre o proprietário, a identificação de matrícula e dados do veículo, como configuração, ano de fabricação, número do chassi e possível histórico de roubos e furtos.

Definido em 2014, a nova norma de placas tinha prazo inicial de implementação em janeiro de 2016, mas foi adiado pelo Contran em abril de 2015 em função de ajustes técnicos.

Novo modelo brasileiro de placa com padrão do Mercosul (Foto: Divulgação)

Novo modelo brasileiro de placa com padrão do Mercosul (Foto: Divulgação)

FONTES: http://revistaautoesporte.globo.com / R7 / UOL

_______
Siga APCNEWS no Facebook e Twitter

Deixe seu comentário!
Mais em Mundo
Sinagoga de Satanás: Primeira miss transexual de Israel é árabe e católica

Muitos socialistas pró-aborto e pró-homossexualidade no mundo todo que se opõem à Israel ignoram o fato de que o Socialismo...

Fechar