Leis de descanso dominical existem há muito tempo nos EUA. Conheça as Blue Laws ou “Leis Azuis”

10477259_974243585926945_7077329002891066333_nDue to the north Dakota blue law this Wal-Mart is closed from 12 midnight sat. Until 12 noon sunday. Thank You!

[Em português: “Devido à lei azul de Dakota do Norte, este Wal-Mart está encerrado da meia-noite de Sábado ao meio-dia de domingo. Obrigado”]

Leis de descanso dominical (também conhecidas por “leis azuis”) existem há muito nos Estados Unidos. E não podemos dizer que não estejam em vigor; apenas que em breve irão mais além do que vemos hoje.

O que são as Blue Laws?

1- O que são as Blue Laws (Leis Dominicais)? (conhecidas como Leis Azuis nos EUA)

São leis religiosas impostas pelo Estado. Nos últimos 50 anos perderam sua efetividade, porém a Bíblia nos garante que elas retornarão. Em alguns locais nos EUA ainda são severas já tendo sido motivo de piada no desenho dos Simpsons, por exemplo.

Restringem o comércio no dia de domingo. Na Década de 1960 a Suprema Corte estadunidense passou a considerá-las constitucionais.

2- Quando se deu a primeira lei dominical?

No dia 7 de Março do ano 321 o Imperador Constantino promulgou a primeira lei dominical. Os cristãos que obedeciam o 4° mandamento da Lei de Deus e portanto tinham o sábado como sagrado foram perseguidos.

3- O Senhor Deus aprova as leis dominicais?

Não, porque elas levam o povo a violar o seu 4° mandamento de sua Lei que requer a santificação do Sábado. Leis dominicais modificam a semana de trabalho instituída pelo Senhor e levam a população a quebrar o 4° mandamento.

4- A Bíblia diz que as leis dominicais Retornarão para ameaçar os que obedecem ao Senhor Deus?

Sim, quando o Protestantismo apostatado estender os braços através do abismo, a fim de dar as mãos ao poder romano, quando por influência do papado a América do Norte for induzida a repudiar todos os princípios de sua Constituição, que fizeram dela um governo protestante e republicano, e adotar medidas para a propagação dos erros e falsidades do papado.

A corrupção política está destruindo o amor à justiça e a consideração para com a verdade; e mesmo na livre América do Norte, governantes e legisladores, a fim de conseguir o favor do público, cederão ao pedido popular de uma lei que imponha a observância do domingo.

5- Como os não religiosos acatarão a necessidade de leis dominicais?

Como o último meio de proteção ambiental. Isso possivelmente levará à restrição a circulação de carros e outras medidas sociais. (como já ocorre hoje em Berlim, Alemanha)

6- Quais serão as consequências do retorno das leis dominicais?

O pretenso mundo protestante/evangélico formará uma confederação com o homem do pecado, e a igreja/instituição e o mundo estarão em corrupta harmonia.

Quando os Estados Unidos, em suas assembleias legislativas, promulgar leis que restrinjam a consciência das pessoas quanto ao seus privilégios religiosos, impondo a observância do domingo e exercendo poder opressor contra os que guardam o Sábado do Sétimo Dia, a Lei de Deus será, para todos os efeitos, invalidada em nosso país, e a apostasia nacional será seguida de ruína nacional.

7- Estas leis se tornarão internacionais?

Quando a América, o país da liberdade religiosa, se aliar com o papado, a fim de dominar as consciências e impelir os homens a reverenciar o falso sábado, os povos de todos os demais países do mundo hão de ser induzidos a imitar-lhe o exemplo.

8- O que acontecerá com os opositores dessa lei ecológica?

Como o Sábado se tornou o ponto especial de controvérsia por toda a cristandade, e as autoridades religiosas e seculares se combinaram para impor a observância do domingo, a recusa persistente de uma pequena minoria em ceder à exigência popular, fará com que esta minoria seja objeto de execração universal.

9- O que o Senhor Deus fará para mostrar seu desagrado?

Permitirá as o soar das 7 Trombetas e enviará 7 Pragas sobre o mundo. O numero 7 está relacionado a violação global do Sábado.

10- O que ocorrerá após a queda das 7 Pragas?

O Céu se abrirá e o Senhor Jesus Cristo voltará com milhões de anjos para buscar o remanescente fiel, a verdadeira Igreja.

 

Cronista de ‘Time’ Sugere Retorno de Tais Leis

E NO SÉTIMO DIA NÓS DESCANSAMOS?Pode ser que aquelas velhas leis azuis [dominicais] não eram tão doidas, afinal de contas. Com este título e subtítulo, Nancy Gibbs escreve uma crônica de última página do semanário de grande circulação mundial, Time, 2/8/2004. O artigo é um tanto ambíguo, e não ocorre uma defesa direta e insistente quanto à questão, mas sutilmente a autora rememora os supostos velhos bons tempos das leis dominicais nos EUA, e procura ver a lógica e benefícios da legislação dominical, não realçando tanto uma motivação religiosa, mas tratando especificamente de seus possíveis benefícios pessoais e familiares.Após historiar a legislação dominical nos EUA, a autora fala de como a maior diversificação da sociedade americana e os muitos interesses comerciais transformaram o domingo. “Os Estados Unidos são muito diversificados, nossas vidas por demais atarefadas, nossa economia muito global e nosso apetite muito grande para perder um dia todo que poderia ser gasto trabalhando, ou brincando, ou fazendo compras. Pressionadas entre piedade e lucro, até livrarias cristãs estão abertas [aos domingos]”, comenta a articulista um tanto queixosamente. Pelo início da 2a. Coluna da matéria ela lembra as palavras de Albert Schweitzer de que “se sua alma não tem um domingo, torna-se órfã”. Daí ela comenta: “Isso suscita uma pergunta para nosso tempo: o que perdemos se o domingo se tornar como qualquer outro dia?”Mais adiante informa que vendedores de carro em Kansas City, Mo., pressionaram por uma lei para que houvesse fechamento de todos aos domingos a fim de terem um dia de descanso sem serem prejudicados pela concorrência. Daí cita uma cadeia de restaurantes de comidas rápidas, a Chick-Fil-a, com 1.100 estabelecimentos em 37 estados, que fecha aos domingos porque o seu fundador, Truett Cathy, prometeu aos empregados tempo para “adorarem, passarem tempo com familiares e amigos ou simplesmente repousarem para a semana de trabalho”. Cita, em seguida, trecho da carta pastoral do Papa João Paulo II, Dies Domini em defesa do domingo: “Quando o domingo perde seu o sentido fundamental e torna-se meramente parte de um ‘fim-de-semana’ as pessoas se mantêm presas dentro de um horizonte tão limitado que não mais podem ver ‘os céus’”.A ilustração do artigo mostra folhas de calendário de uma semana, com gravuras de um indivíduo correndo, com uma pasta na mão, segurando o chapéu, para cada dia da semana, mas na folha de domingo aparece o indivíduo deitado preguiçosamente sobre a grama, olhando para um céu coberto de brancas nuvens.A reação ao artigo surgiu na edição de 23 de agosto, seção de cartas, com comentários mistos ao mesmo. Eis a transcrição de três das cartas dos leitores, enumeradas sob o título geral, “Que Dia de Descanso?”:“Foi presunçoso da parte de Nancy Gibbs, em sua crônica . . . sugerir que os EUA precisam ter domingos livres como dia de descanso. Grande parte da população dos Estados Unidos é muçulmana, e a fé islâmica designa a sexta-feira como dia de oração. Os judeus observam o sábado de pôr-do-sol da sexta-feira ao pôr-do-sol do sábado. Assim, como podemos esperar numa sociedade pluralística como os Estados Unidos que se fixe somente um dia de descanso? Quando as leis azuis [dominicais], restringindo o que podia ser vendido aos domingos foram impostas, americanos judeus e muçulmanos não podiam realizar negócios dois dias por semana: o dia de descanso de suas religiões e o domingo. Com a eliminação das leis dominicais por todo parte, pelo menos o campo de atuação é mais igualitário. A imposição de leis dominicais correspondia a estabelecer uma religião estatal. Sou grato de que hoje tornaram-se apenas uma lembrança para muitas pessoas. – Layni S. Rothbort, Millburn, N.J. “Senti-me deleitado em ler a crônica de Nancy Gibbs em apoio às leis azuis [dominicais] que impedem alguns negócios de operar aos domingos. Lembro-me de quando garoto, muitas lojas eram fechadas; havia uma quietude então que nos circundava. Que possamos retornar aos dias quando tínhamos tempo para Deus e a família aos domingos”. – Robert Rykowski, Scotch Plains, N.J. “Como é possível que os judeus possam manter um sábado sem um mandato governamental restringindo as atividades de outros às sextas-feiras à noite e sábados, mas de algum modo os que observam o dia de descanso no domingo precisam de uma lei requerendo que os negócios sejam fechados? A observância do sábado é, sem dúvida, um grande benefício espiritual para indivíduos e famílias. É, contudo, uma decisão pessoal que requer escolhas e sacrifícios. As leis azuis [dominicais] não têm lugar em nossa sociedade multicultural”.—Daniel A. Gustein, Chicago, Ill.

 

Observem, Irmãos, tirem suas conclusões. . . E saibam que é cada vez maior o “lobby” para que os estabelecimentos comerciais, industriais e mesmo turísticos sejam impedidos de funcionar aos domingos para preservar o planeta da agressão tremenda sobre os recursos naturais, economizando energia (fator cada vez mais decisivo nessas decisões), contribuindo para a estabilidade familiar, etc.

Vejam um exemplo disso pelo link www.saveoursundays.ca

O Domingo nos Estados Unidos – Legendado

O programa Sunday Morning do canal norte-americano CBS exibido em 1º de fevereiro de 2009: “A História do Domingo”. A sugestão para a volta das Leis Dominicais [Blue Laws] é evidente e significa a apostasia nacional dos EUA, que em lugar de adorar o Criador no Sábado do Sétimo Dia, estabelece o domingo [dia do sol nas religiões antigas] como dia de descanso [conhecido nos EUA como Sabbath], mediante o poder político – união igreja-Estado também abominada por Deus. [VIA: Adventismo em Foco]

RELACIONADOS:

Acesse: Aquecimento Global: O maior escândalo científico dos Estados Unidos e do Mundo

Acesse: Entenda a COP 21: O Império ecológico e o totalitarismo planetário

Acesse: Conferência do clima termina com ‘acordo histórico’ contra aquecimento global

Acesse: A Verdade Sobre Setembro de 2015. Países adotam na ONU a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

Acesse: Setembro de 2015 e Agenda ONU 2030 – A Escravidão Global

Acesse: Setembro de 2015 e Agenda ONU 2030 – A Escravidão Global – Parte 2

Acesse: Será que a ONU introduziu a Nova Ordem Mundial com a “Agenda 2030”?

RELACIONADOS:

>> Leia também: A Terra é mesmo plana? Conclusões!

>> Leia também: N.A.S.A. – UMA ODISSEIA NA MENTIRA

>> Leia também: A Terra é mesmo plana… Vocês conseguiram!

>> Leia também: TERRA PLANA: UMA TEORIA RIDÍCULA, ESDRÚXULA E ESTÚPIDA

>> Leia também: MORTE TRÁGICA: Membro de grupo sobre a Terra Plana se joga de prédio para provar que a gravidade não existe

>> Leia também: TERRA PLANA: A MÃE DE TODAS AS “TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO” OU EVIDÊNCIA CIENTÍFICA? TIRE AS SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES!

RELACIONADOS:

>> Leia também: REVELAÇÃO BÍBLICA: Símbolos Proféticos – Significado Literal

Acesse: A Profecia das Nações

Acesse: O SINAL DO ANTICRISTO

Acesse: A MARCA DO ANTICRISTO

Acesse: A Verdadeira Marca da Besta

>> Leia também: Microchip, Tecnologia e 666 – Tirando o nosso foco na verdade bíblica da verdadeira Marca da Besta!

Acesse: O Anticristo vem do Islamismo?

Acesse: A Grande Batalha do Armagedom

>> Leia também: ECUMENISMO: A RELIGIÃO DE SATANÁS

>> Leia também: O QUE É A ONU? – CRIAÇÃO LUCIFERIANA!

>> Leia também: Islamismo ou Vaticano: Quem cumpre a profecia?

>> Leia também: O falso papa e o cumprimento da profecia do Terceiro Templo – A Religião Mundial

Acesse: Vi emergir do Mar uma Besta …E deu-lhe o Dragão o seu poder, o seu trono e grande autoridade

Acesse: A segunda Besta …e faz que a Terra e os que nela habitam adorem a primeira Besta, cuja chaga mortal fora curada

>> Leia também: A Nova Ordem Mundial de Apocalipse 13 e 17 em Detalhes!

>> Leia também: 4 de Julho: Os Estados Unidos são independentes ou existe um poder superior que domina a Casa Branca?

>> Leia também: Banco do Vaticano é o principal acionista da maior indústria de armamentos do mundo, a Pietro Beretta!

>> Leia também: Roma Papal mudou os tempos e a Lei de Deus; Mudança para o Calendário Gregoriano faz aniversário hoje! 

>> Leia também: Uma farsa muito grande está sendo montada: A Chegada! Estão nos preparando definitivamente para um contato alienígena?

>> Leia também: Antes, durante e depois da Reforma Protestante: pessoas fiéis ao Senhor Jesus Cristo que afirmaram com todas as letras que Roma Papal é o sistema do Anticristo!

_______
Siga APCNEWS no Facebook e Twitter

Deixe seu comentário!
Mais em Apologética News
“BaBelShua” Serão os nomes Jesus e Deus uma blasfêmia?

Fomos nós, criaturas humanas, limitadas e mortais, que inventamos o nome de Deus, o Senhor? O nome não pode ser um...

Fechar