Escândalo…Está provado…EUA, Israel, OTAN e Aliados criaram e financiam a farsa do Estado Islâmico e seus psicopatas!

Provas de que o Estado Islâmico foi criado e financiado pelos EUA e aliados… Prova de que o Governo Americano queria que o Estado Islâmico emergisse na Síria.

image703sdfg

No artigo intitulado ISIS: Uma Criação da CIA para justificar a Guerra no Oriente Médio e a Repressão no Ocidente, listamos várias razões pelas quais o Estado Islâmico está realmente servindo aos interesses da elite mundial. Anos já se passaram e as coisas não mudaram muito, o grupo terrorista continua colocando o mundo em pânico com ataques sádicos, e as poderosas ofensivas da coalizão americana ainda não foram suficientes para detê-los. No entanto, em 2015, documentos do Departamento de Defesa americano vazaram, provando que os EUA de fato apoiaram grupos radicais islâmicos na Síria e no Iraque. Os documentos mostram aquilo que os “teóricos da conspiração” sempre acreditaram: o Estado Islâmico é uma criação do Ocidente para servir à Agenda da Elite.

Assista ao vídeo:

Via: Danizudo

Muitos (principalmente os religiosos, cegos pelas suas instituições que militam, defendem) chamam tudo o que não condiz com os vossos pré-conceitos, ideologias, “crendices”,  chamam de “Teoria da Conspiração” na tentativa de desmerecer, na intenção de humilhar, porém, estão mal informados, estão alienados, porque Teoria é aquilo que não se pode provar… Teoria é um conhecimento especulativo, metódico e organizado de caráter hipotético e sintético. Teoria, é uma coisa que não se dá data, não se dá nome. Quando se é dado nomes, datas e fatos, deixa definitivamente de ser Teoria e passa a ser fato, realidade. Logo, “Teoria da Conspiração” é contrário, totalmente oposta a Conspiração.

…”Pois nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia. Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça!”… {Marcos 4:22-23}

Escândalo…Está provado…EUA, Israel, OTAN e Aliados criaram e financiam o ISIS.

14333760_1139579036108215_1477925399651791392_nsdfgh

Saddam Hussein sendo enforcado.

Toda a informação aqui apresentada, pode e deve ser pesquisada, nomes são dados, lugares e datas. Caso tenha dúvidas se, o que aqui foi expressado é a verdade ou não!

Para você que ainda está em dúvidas quanto a essa questão, mais uma prova, sobre e como acontece o terrorismo no mundo, quem fabrica, e com que finalidade!

CIA=Agência de Inteligência Católica, e o seu propósito principal é a destruição do comunismo Soviético. O Vaticano, para conseguir dinheiro, fez acordos, com os traficantes, fazendo a lavagem do dinheiro, e ficando com 15 % de toda a transação do comércio da heroína, do ópio, que provinha dos campos de papolas…

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

Com as conexão do ISIS um braço da Al-Qaeda, e a Al-Qaeda por conseguinte, um braço do Vaticano, infiltrado e disfarçado de CIA, se opunha aos avanços dos Soviéticos! O campo atual hoje da produção das papolas fica no Afeganistão. Onde nos últimos 15 anos tem gerado vários conflitos e incursões militares. Na década de 1980, os Soviéticos tomaram o Afeganistão, e, consequentemente, a CIA, com um problema em mãos, onde foi levantado, criado pela CIA, um grupo de frente de combatentes, o qual denominado de Al-Qaeda.

E o líder de fachada, Osama Bin Laden, seguindo ordens diretas do Vaticano. Na década de 1980, para suportar as tropas Soviéticas, e manter a suposta guerra-santa, para resguardar os campos de produção de papola, em cifras nada menos que 3 Bilhões de dólares por hora, e os 15% eram da CIA. Mas todo o dinheiro seguia para o Banco do Vaticano, como forma de legalizar, o dinheiro sujo do narco-tráfico!

>> Leia também: ROMA PAPAL: MUITO OURO E PODER

>> Leia também: Banco do Vaticano é o principal acionista da maior indústria de armamentos do mundo, a Pietro Beretta!

De 1995 a 2001, Mullah Omar, foi o líder no Afeganistão, e, no ano 2000, não responderia as ordens e, nem o dinheiro da venda do ópio, para a geração de heroínas e o fornecimento para a América. Com a queda de 4.600 Toneladas em 1999, para 81 Toneladas em 2001.

Com a estratégia de retomado dos campos, criada pela CIA, EUA, e o Vaticano, aliaram-se para guerra, em forma de contra-terrorismo, ao Talibã, arquitetados por eles como forma de levarem a América para a guera, no Oriente Médio, precisamente no Afeganistão! O famoso atleta profissional de futebol americano: Pat Tillman, entrou para as forças do exército dos EUA.

Quando o ex-jogador, percebeu, o real motivo pelo qual os EUA, e todo o exército Americano estavam invadindo o Afeganistão, ele deveria ser calado, para que não chegasse ao povo e a mídia dos EUA, e ao mundo. Criam em 2001, o falso terrorismo, ou o terrorismo de falsa bandeira, gerando o caos, para então fazerem o que de fato eles queriam, ganhar e resguardar, a produção das drogas que gera os seus bilhões de dólares… (Fim)

Assista ao vídeo: Toda a Verdade sobre a Farsa do Estado Islâmico (ISIS).

>> Leia também: Pentágono paga empresa de relações públicas para fazer vídeos do Estado Islâmico (ISIS)

Série:

>> Leia também: ECUMENISMO: A RELIGIÃO DE SATANÁS

>> Leia também: Patriarca Kirill de Moscou pede a recuperação de “valores” de Lênin e Stálin

>> Leia também: Nazismo e Comunismo (Direita e Esquerda), ambos manipulados pela elite capitalista

>> Leia também: RELIGIÃO ÚNICA A TODO VAPOR: Papa Francisco vai à Sinagoga e dias depois recebe convite para visitar a maior Mesquita do Ocidente

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

>> Leia também: Carta escrita pelo ‘Papa’ da maçonaria Albert PIke em 1871 (século XIX) revela a 3ª Guerra Mundial. Chocante!

=== EUA ESTÃO DO NOSSO LADO, DIZ TERRORISTA ===

“Os Estados Unidos estão do nosso lado”! – Diz: ‘terrorista comandante’ da: Frente Al-Nusra!!!

Os Estados Unidos tem vindo a fornecer os sistemas de mísseis TOW guiadas e assessorar conselheiros militares à organização terrorista Frente Al-Nusra, operando na Síria, disse um comandante do grupo jihadista, em entrevista ao jornal alemão Kölner Stadt-Anzeiger.

De acordo com Abu Al Ezz, Washington patrocina o grupo extremista que indiretamente, por meio de países que apoiam a Frente Al-Nusra.

– “Mas não estamos ainda satisfeitos com este apoio”, disse o comandante, para quem os jihadistas devem estar recebendo “armas mais sofisticadas” dos seus “padrinhos” para ter sucesso contra as Forças e o Exército do Governo Sírio.

Vídeo: 

*Ative a legenda para o português.

Chefe dos serviços de espionagem militar do Estado de Israel diz que não quer a derrota do Estado Islâmico.

(7 ago 2016) – O general Herzi Halevy, chefe dos serviços de espionagem militar do Estado de Israel, declarou recentemente, numa conferência em Herzlia, que “não queremos a derrota do Daesh (ou Isis, ou Estado Islâmico) na Síria”.

herzi-halevy98643sdb

General Herzi Halevy.

Os seus “atuais insucessos colocam Israel numa posição difícil”, lamentou, de acordo com uma transcrição publicada no jornal Maariv, conotado com a direita política sionista.

A última coisa de que o general Halevy pode ser acusado é de usar uma linguagem hermética, hipócrita, ao contrário de tantos dirigentes políticos mundiais, de Hollande a Obama, de Mogherini a Hillary Clinton, do secretário-geral da Otan aos autocratas da União Europeia.

Ele é direto, fala com clareza, respeitando, aliás, a prática do seu primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, que se deixa fotografar em hospitais israelitas visitando terroristas da Frente al-Nusra (al-Qaida) feridos durante a agressão à Síria soberana.

“Está fora de questão” que o Daesh “venha a ser derrotado na Síria”, prosseguiu o general Herzi Halevy, embora sem explicar o que tencionam fazer Israel e os seus aliados para evitar que os terroristas, ao que se diz combatidos pela “coligação internacional” onde se juntam os principais parceiros políticos e militares do exército israelita, sejam sacrificados pelas instituições sírias.

Também não devemos esperar que um militar com tão secretas funções seja um boquirroto.

As declarações do chefe da espionagem militar israelita apenas devem ser consideradas intrigantes num aspecto: de que modo podem ser conjugadas com a propaganda norte-americana – e a europeia, por arrastamento – à luz da “aliança indestrutível” entre Israel e os Estados Unidos, na verdade dois países geminados nos termos dos famosos postulados de Henry Kissinger?

O general Halevy foi factual, mas a sua franqueza confirma ao mundo que o envolvimento dos Estados Unidos e dos seus aliados da Otan na guerra contra o Daesh, pelo menos na Síria, não passa de um conto da carochinha para tentar amainar a revolta da opinião pública perante os atentados terroristas, principalmente na Europa.

Nas últimas semanas, a imprensa norte-americana, designadamente o New York Times, tem vindo a explicar que o pretenso combate apoiado militarmente pelos Estados Unidos contra o Daesh sofre de duas condicionantes de vulto: por um lado, tem de levar em consideração que os terroristas “moderados” sustentados pelo Pentágono e a Otan combatem quase sempre sob o comando operacional ou do Daesh ou da Al-Qaida, pelo que, nestas circunstâncias, a “coligação internacional” não pode atuar em pleno, mesmo que queira, o que também ninguém garante; em segundo lugar, a mesma “coligação” abstém-se de agir contra o seus alegados inimigos sempre que estes estejam em posições que lhes permitam contribuir para a derrota do governo sírio, objetivo que parece ser a prioridade comum.

De Washington, das principais capitais europeias e dos meios financeiros e mafiosos que manipulam a constelação mercenária do terrorismo dito islâmico.

Chegados a este ponto, as coisas fazem todas sentido e não existe qualquer contradição entre as declarações do super-espião israelita e a prática dos principais aliados de Israel.

Halevy diz o que todos pensam e executam, embora só ele possa expressar-se sem papas na língua.

Israel não tem necessidade alguma de apregoar o seu empenho no combate ao terrorismo, uma vez que a sua intimidade com a conspiração e a prática terrorista é histórica, faz parte da essência do próprio Estado.

Já os Estados Unidos, tal como a França, o Reino Unido e outros aliados estão oficialmente do lado do combate ao terrorismo – originalmente a “guerra contra o terrorismo” de George W. Bush – e, por isso, sentem necessidade de, a cada passo, disfarçarem as suas evidentes cumplicidades com o Daesh e afins, tentando não ser vergonhosamente manchados com o sangue dos seus concidadãos vítimas do terrorismo.

O êxito é limitado, mas o terrorismo midiático vai conseguindo esconder a verdade de grandes setores da opinião pública.

No entanto, o que verdadeiramente conta para todos, em primeiro lugar e neste momento, é derrubar o governo legítimo e soberano da Síria, fazendo esse grande favor a Israel mesmo que isso signifique entregar o todo ou parte do território sírio ao Daesh, Al-Qaida e parentes.

Uma tal estratégia faz gato-sapato da ONU, do direito internacional e dos direitos humanos, mas quem os leva ainda a sério?

O general Halevy falou por todos: “A derrota do ISIS na Síria está fora de causa”. Ou seja, destruir a Síria soberana é o objetivo último dos terroristas e dos que dizem combatê-los.

Está dito e ficamos informados. Melhor do que nunca. [FONTE: Oriente Mídia]

=== Jogos Sujos de Guerra ===

– OS MERCENÁRIOS IMPORTADOS!

Uma nova versão do Islã americanizado: estilo Al-Qaeda e um novo Bin Laden. Um esquema entre americanos e sionistas. Um esquema em nome do Islã, mas que em essência serve aos EUA e a ISRAEL.

– Um esquema conhecido como ESTADO ISLÂMICO=EI, DAESH, ISIS.

Este documentário é uma amostra para você de casa, da nova versão da idade escura em pleno século 21… Um novo conceito – sinônimo de destruição, atrocidades e assassinatos.

* Nos acompanhe, e se prepare para estas revelações, que pouco são divulgadas, legendado em espanhol…

Vídeo: 

O presidente da Rússia Vladimir Putin, explica como os Estados Unidos criaram o ISIS.

Vladimir Putin

Vladimir Putin

(10/10/2016) – Esse vídeo com declarações de Putin é de extrema importância conhecer, ao menos para aqueles que ¨buscam¨ e não se contentam com notícias prontas, engessadas, controladas e manipuladas. Para os que já não mais suportam tantas mentiras, falácias e omissões. Enfim, para quem procura conhecer ¨todos os lados¨ de um mesmo evento e, a partir daí, formar sua própria opinião e não mais aceitar o que insistem em nos entregar como ¨notícias conclusivas e tendenciosas¨, direto em nossas ¨salas¨ e através de nossas super telas de TV. 

DESLIGUEM A TV, pois… 

¨… as pessoas na sala de jantar são ocupadas em nascer e morrer¨.

OU

Julian Assange: Hillary e ISIS são financiados pelas mesmas pessoas.

Sobre as Eleições Americanas 2016…já conhecemos a grande perdedora: a classe jornalística. A imprensa mundial, sobretudo a americana, desempenhou um papel deplorável na cobertura das eleições, em seus esforços descarados para eleger a candidata democrata Hillry Clinton.

Não obstante, um agente inesperado surgiu durante estas eleições para quebrar o monopólio da informação e influenciar o eleitorado norte-americano de maneira extraordinária: o Wikileaks. Anteriormente reverenciado como herói pela esquerda — enquanto vazava e-mails de Sarah Palin (durante as eleições de 2008) e publicava informações confidenciais da gestão Bush — Julian Assange se transformou no algoz do Partido Democrata e sua mais alta representante: Hillary Clinton.

Julian Assange - WikiLeaks

Julian Assange – WikiLeaks

Nesta entrevista, Assange explica aquilo que a mídia militante não publica: como Hillary se utiliza da Clinton Foundation para lavar dinheiro e vender favores políticos e como sua campanha é irrigada pelos petrodólares de nações árabes que patrocinam o Estado Islâmico e a guerra ao Ocidente.

Para verificar a autenticidade do e-mail basta clicar em “view source”: https://wikileaks.org/podesta-emails/emailid/3774

Tradutor: Hugo Silver http://TradutoresdeDireita.org

Vídeo original: Assange interview

(errata: minuto 2:00 – o valor correto é de $80 bilhões de dólares, não $18 bilhões, como aparece na legenda)

*Ative a legenda para o português.

O presidente da Síria Bashar al-Assad: Não há diferença, contradição entre Israel e Daesh/Estado Islâmico.

=== Al-Asad: Não Há Diferença Entre Israel e Daesh ===

Presidente Sírio, Bashar al-Assad.

Presidente Sírio, Bashar al-Assad.

(14 de outubro de 2016) – O Presidente Sírio, Bashar al-Assad disse que não há diferença entre Israel e organizações terroristas como Daesh e a Frente Al-Nusra. “Israel está a apoiar todos os terroristas, e não há nenhuma contradição entre Israel e qualquer organização como a Al-Nusra (agora chamado Fath al-Sham) ou ISIS (Daesh) ou qualquer outra organização ligada à Al-Qaeda”, disse Al-Assad em uma entrevista ao Jornal Russo Komsomolskaya, e Pravda publicou.

O presidente, que argumentou com estas palavras por que o grupo terrorista EIIL (Daesh, em árabe) nunca ameaçou o regime em Tel Aviv, disse que “qualquer terrorista que tem uma arma e que começou a matar e destruir a Síria foi apoiado Israel “quer indiretamente ou através de apoio logístico fornecido a partir da fronteira com Israel-Síria, ou mesmo por intervenção direta nas diferentes áreas da Síria.

Israel está a apoiar todos os terroristas, e não há nenhuma contradição entre Israel e qualquer organização como a Al-Nusra (agora chamado Fath al-Sham) ou ISIS (Daesh) ou qualquer outra organização ligada à Al-Qaeda”, disse o presidente sírio, Bashar al-Assad.

A razão para tudo isso, considerados Al-Assad, é que Israel tem a Síria como seu “inimigo”, depois de terem ocupado as terras Sírias. Assim, o presidente sírio estava se referindo as Colinas Golan na Síria, que estão ocupadas pelo regime de Israel desde 1967, que são palco de tensões desde o início da crise síria em 2011, e como aviões de guerra israelenses violam constantemente o espaço Syrian Air para o bombardear os Sírios.

O presidente sírio, portanto, indica que para o regime de Tel Aviv é mais conveniente que a Síria esteja “ocupada com qualquer outra coisa”, a fim de evitar a não falar sobre as Colinas de Golã, para que suas terras voltem ao território Sírio de origem.

issssimagesfds

Benjamin Netanyahu Primeiro-ministro de Israel.

Repetidamente é revelado imagens, vídeos e provas que sustentam diretamente o regime israelense a elementos terroristas na Síria. Desde o início da crise na Síria, o regime de Tel Aviv também fornece ‘serviços-médicos’ aos terroristas que são feridos em combate contra os militares do exército Sírio.

*Ative a legenda para o português.

[FONTE: HISPANTV]

O presidente eleito nos EUA Donald Trump a pouco tempo havia quebrado o silêncio e afirmando com todas as letras que Barack Hussein Obama é um dos fundadores do Estado Islâmico!

Donald Trump

Donald Trump

O presidente eleito pelo Partido Republicano à Casa Branca criticou a resposta do presidente Barack Obama ao terrorismo.

O outrora candidato à Casa Branca Donald Trump disse que o Presidente norte-americano, Barack Obama, é “o fundador” do grupo terrorista Estado Islâmico.

Trump criticou a resposta de Obama ao terrorismo internacional e considerou que o Presidente é “o fundador” do Estado islâmico e que Hillary Clinton, sua rival nas eleições presidenciais deste ano de 2016, é a “cofundadora”.

14642245_1598555220161774_7035589321332046343_nfds

Presidente Barack Hussein Obama.

“Ele é o fundador do ISIS”, disse Trump, usando uma das designações por que é conhecido o Estado Islâmico.

“E eu diria que a cofundadora é Hillary Clinton”, acrescentou, durante um comício na Florida.

Segundo Trump, o Estado Islâmico “respeita” Obama.

Trump foi o candidato à Casa Branca do Partido Republicano, disputou e venceu a eleição contra Hillary Clinton, candidata do Partido Democrata.

15055877_1630984493865340_5607177293796908626_nsd

Hillary Clinton

daesh4462942_1159254994154812_4013005467119447593_n

[FONTE: DN.pt / Via: Sempre Questione?]

Quem se beneficia com a existência do Estado Islâmico?

(2 ago 2016) – Traduzido No Chrome Por Guerras Conflitos E sabotagens.

13895195_1049122208489241_2284233507679975577_nsd

Perito orientalista revela quem se beneficia com a existência do Estado Islâmico

A organização jihadista que teria acontecido com a história e se alguns atores internacionais não pensar em seu próprio benefício, mas em terroristas derrotando.

“O Estado islâmico poderia ser destruído em curto prazo, mas não énenhuma vontade política de todos os jogadores internacionais, porque eles usam isso como uma arma contra o governo do presidente sírio, Bashar al Assad , ” diz Boris Dolgov, um membro sênior do Centro de Estudos Árabes e Islâmicos do Instituto de Estudos orientais da Academia de Ciências da Rússia, disse à RIA Novosti .

Isso explica, em sua opinião, os EUA é incapaz de cumprir sua promessa de fazer uma divisão clara entre os grupos “moderados” e terroristas na Síria. Não há distinção clara entre eles, mas todos são necessários para lutar contra as autoridades sírias, destacou um especialista russo.

Entre 2014 e 2015, recorda Dolgov, “a coalizão liderada pelos Estados Unidos levou a luta contra o Estado islâmico (EI), a maioria [com] bombardeio”. “No entanto, como resultado desse confronto o Estado islâmico expandiu sua esfera de influência e território sob seu controle. Só a intervenção de forças aeroespaciais russos levaram à estabilização da situação na Síria”, continua o especialista.

De acordo com Dolgov, isso aconteceu “porque o objetivo dos EUA na região é a remoção de Bashar al Assad, desintegração e a retirada da Síria como jogador e centro do poder no Oriente Médio, desde que a Síria se opõe Israel é um aliado do Irã e Rússia “.

Enquanto isso, em uma reunião na terça-feira no Laos com o secretário de Estado dos EUA John Kerry , o chanceler russo, Sergei Lavrov pediu a Washington para demarcar os grupos terroristas e oposição. “Nossos parceiros americanos estão garantindo desde o início do ano para a Federação Russa para alcançar oposição separada cooperar com organizações terroristas, mas até agora não conseguiram fazê-lo , ” em seguida, disse o chanceler russo.

“Se a vontade política em todos os jogadores internacionais que lutam contra a EI, a questão da eliminação seria uma questão de duas semanas ou um mês. A cidade de Raqqa é muito pequena, não é difícil de recuperar, mas [ele] requer esforço de todos os jogadores, há falta e não são esperados em breve “, lembra membro sênior do Centro árabe e islâmica do Instituto de Estudos orientais da Academia Russa de Ciências Estudos.

No entanto, a vitória militar sobre o EI sozinho não vai levar ao desaparecimento de sua ideologia e os seus apoiantes, o especialista russo adverte. “A eliminação da EI envolve não só a remoção militar, mas a cessar o apoio financeiro a grupos sunitas radicais, além da influência ideológica e propaganda extremista na região”, diz Dolgov. [FONTE: RT]

 

Informação:

=== OS DEFENSORES DE ALEPPO ===

Guerra na Síria – Os Defensores de Aleppo, conheça quem são alguns dos muitos que lutam pelo seus país, pela sua pátria…

– Conheça os rostos dos ‘homens’ e ‘mulheres’ que estão lutando verdadeiramente contra o TERRORISMO INTERNACIONAL:

* FINANCIADO;
* ALIMENTADO;
* PROTEGIDO;
* PELAS GRANDES POTÊNCIAS OCIDENTAIS.

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

>> Leia também: ROMA PAPAL: MUITO OURO E PODER

>> Leia também: Banco do Vaticano é o principal acionista da maior indústria de armamentos do mundo, a Pietro Beretta!

>> Leia também: ECUMENISMO: A RELIGIÃO DE SATANÁS

>> Leia também: Patriarca Kirill de Moscou pede a recuperação de “valores” de Lênin e Stálin

>> Leia também: Nazismo e Comunismo (Direita e Esquerda), ambos manipulados pela elite capitalista

>> Leia também: RELIGIÃO ÚNICA A TODO VAPOR: Papa Francisco vai à Sinagoga e dias depois recebe convite para visitar a maior Mesquita do Ocidente

>> Leia também: NOM: Papa Francisco diz que a Rússia é chave para a paz e pede ao Irã que trabalhe pela paz no Oriente Médio e combata o terrorismo

>> Leia também: Carta escrita pelo ‘Papa’ da maçonaria Albert PIke em 1871 (século XIX) revela a 3ª Guerra Mundial. Chocante!

>> Leia também: Por que a eleição americana entre Clinton e Trump é uma farsa?

>> Leia também: Entenda o que é a política, por que a democracia é um mito e as eleições um ritual!

+

>> Leia também: Islã Significa Submissão

>> Leia aqui no site tudo sobre Boko Haram

>> Leia também: O QUE É A ONU? – CRIAÇÃO LUCIFERIANA!

>> Leia também: O guerreiro filho do deserto: Dossiê Muammar al-Gaddafi

>> Leia também: ONU não reconhece genocídio de cristãos por muçulmanos!

>> Leia também: Como os muçulmanos devem tratar os cristãos segundo o Islamismo

>> Leia também: Cem mil cristãos são mortos por ano devido a perseguição religiosa e extremismo islâmico!

>> Leia também: Estados Unidos aceitaram apenas 28 cristãos refugiados, mas aceitaram 5.435 refugiados muçulmanos, apesar do genocídio incomparável do Islamismo contra os cristãos! Explicado?

>> Leia também: Barack Obama é o primeiro presidente gay dos EUA

>> Leia também: Obama não nasceu nos EUA, sua presidência é ilegal

>> Leia também: Barack Obama usa anel com a declaração de fé: “Não há Deus senão Alá”

>> Leia também: A União Europeia propõe o uso da identidade digital para acessar a internet!

>> Leia também: Internet mundial sob controle da ONU: Um legado de Barack Hussein Obama

>> Leia também: Barack Hussein Obama entrega internet a ONU e “organismos internacionais”

>> Leia também: Bomba! Barack Obama é desmascarado de maneira conclusiva como criação da CIA

>> Leia também: Obama revela que mantém uma estátua de um deus Hindu e Buda no bolso (VÍDEO)

>> Leia também: Principais comandantes do Estado Islâmico (ISIS) fugiram para a América, alarma a Rússia

>> Leia também: Meninas adolescentes que saíram de casa para se tornarem “noivas” do ISIS descobrem que o ISIS é mau!

>> Leia também: RELIGIÃO DE PAZ? Clérigo muçulmano no Brasil ensina como bater em esposas

>> Leia também: Como os muçulmanos devem tratar os cristãos segundo o Islamismo

>> Leia também: Se o paraíso islâmico tem 72 virgens, que interesse despertaria em uma mulher-bomba?

>> Leia também: Por que os terroristas do Estado Islâmico (ISIS) executam gays, mas mantêm homossexuais em suas fileiras?

>> Leia também: Estupro e Escravidão Sexual: Por que, no Islamismo, uma mulher é presa, açoitada ou morta depois de ser estuprada?

>> Leia também: A forma e a fórmula do verdadeiro batismo bíblico: Todos os batismos realizados pelos apóstolos foram em nome do Senhor Jesus Cristo!

>> Leia aqui no site tudo sobre o Estado Islâmico

>> Leia também: A farsa do Estado Islâmico (ISIS)

>> Leia também: ESTOURO: A Farsa do Grupo Terrorista ISIS

>> Leia também: Falsos ataques terroristas (False-Flag Attack)

>> Leia também: Entenda a bomba de hidrogênio e sua potencialidade destrutiva

>> Leia também: Oculto Revelado: Reunião do Clube Bilderberg 2016!

>> Leia também: Bilderberg: Misteriosa conferência reúne elite mundial na Alemanha!

>> Leia também: A Nova Ordem Mundial: O Jogo Illuminati

>> Leia também: Mídia: Berlim e Paris planejam ‘Superestado europeu’ em vez da UE

>> Leia também: Brexit: O Filme – A liberdade não está livre!

>> Leia também: Cenário Internacional: Reino Desunido = Desunião Europeia; Tese, Antítese = Síntese

>> Leia também: Uma nova Europa? O Reino Unido ainda pode voltar atrás no Brexit? Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

>> Leia também: Guerra de titãs: Globalistas vs Nacionalistas!

>> Leia também: Os 4 Cavaleiros do Apocalipse e a Cronologia do Fim!

>> Leia também: Nazismo e Comunismo (Direita e Esquerda), ambos manipulados pela elite capitalista

>> Leia também: Carta escrita pelo ‘Papa’ da maçonaria Albert PIke em 1871 (século XIX) revela a 3ª Guerra Mundial. Chocante!

_______
Siga APCNEWS no Facebook e Twitter

Deixe seu comentário!
Mais em Documentários
O Terceiro Reich: A história oculta do poder secreto de Adolf Hitler!

"Quando a busca pela verdade se torna uma necessidade, percebemos que conspiração não é só teoria, que a história não...

Fechar